A Alegria do Amor nas Filipinas

A Conferência de Bispos Católicos das Filipinas, tendo feito a sua própria interpretação da exortação apostólica Amoris Laetitia, deu um passo em frente, ordenando a distribuição da sagrada comunhão a pessoas que se encontram divorciadas e com relações irregulares. Não esperaram, portanto, pelas orientações pastorais da Santa Sé e avançaram, desde já, com esta nova ideia de misericórdia da moda, que passa por dar comunhão eucarística a quem se encontra objetivamente em situação de pecado grave, como é o adultério.

“…há sempre um lugar à mesa dos pecadores, na qual o Senhor se oferece a si mesmo como comida para os miseráveis.”

“Esta é uma disposição de misericórdia, uma abertura de coração e de espírito que não precisa de lei, nem espera nenhuma diretriz, nem espera para avançar. Ela pode e deve acontecer imediatamente.”

Arcebispo Socrates Villegas, Presidente da CBCF (9 de abril de 2016)

Convém lembrar que o Magistério da Igreja não mudou neste domínio, nem pode mudar. Deste modo, dar a comunhão pode significar oferecer a condenação.

Basto 4/2016

One thought on “A Alegria do Amor nas Filipinas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s