Vitória do Exército Vermelho celebrada no Vaticano

comunistas vaticano
Sputnik News – Ria Novosti

O deputado comunista da Duma Federal Russa, Pavel Dorokhin, teve direito a um lugar VIP na audiência geral do Santo Padre, do dia 5 de maio, e conseguiu convencer o Papa Francisco a colocar ao peito uma fita que representa o heroísmo do Exército Vermelho.

georievskaya
Georgievskaya Lenta

O departamento brasileiro da agência noticiosa russa Sputnik, conhecida pelo seu apoio editorial ao Presidente Putin, deu destaque a este acontecimento, classificando o Papa Francisco de “santíssimo”.

O deputado comunista viu “solidariedade” nesse gesto papal:

“Eles colocaram-me na primeira fila, na caixa de VIP. Eu disse ao Papa que, com o Dia da Vitória a cinco dias de distância, eu queria apresentá-lo com uma medalha comemorativa do 70º aniversário da nossa grande vitória sobre a Alemanha Nazi. Eu falei-lhe sobre os 26 milhões de vidas sacrificadas pelo nossa população durante a II Guerra Mundial e pedi-lhe para colocar em uma fita de São George, em sinal de solidariedade com nosso povo.

O deputado celebrou, deste modo, na Praça de São Pedro, em Roma, a libertação da Europa de Leste do nazismo e a imposição do comunismo.

Entre uma ditadura e a outra, venha o diabo e escolha. Ao nível das vidas sacrificadas, para além daquelas que referiu o político russo, estima-se que o comunismo tenha produzido cerca de uma centena de milhões em todo o mundo.

 

Basto 5/2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s