Papa recusa moeda portuguesa de 2017

GMA News
GMA News

Os jornais portugueses informam que o Papa Francisco recusou aparecer em moeda de dois euros comemorativa da sua visita Portugal em 2017, a qual seria emitida pela Imprensa Nacional Casa da Moeda para assinalar a sua presença no Centenário das Aparições de Fátima. Estas iniciativas são normais em datas significativas e o número limitado destas moedas conferem-lhe uma utilidade limitada quase exclusivamente ao colecionismo numismático.

Recusar aparecer cunhado numa moeda é uma atitude piedosa e cheia de simbolismo, uma forte mensagem cristã, uma vez que o dinheiro é muitas vezes associado ao pecado. Porém, quando essa decisão se cinge, aparentemente, apenas à viagem a Portugal, ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, acaba por provocar alguma estranheza.

moeda comemorativa Filipinas

moeda comemorativa sri lanca

coin usa

euro coin francis

O Papa Francisco foi já tema da face de várias moedas comemorativas, inclusivamente alusivas a outras viagens pastorais, algumas até talvez menos significativas, entre as quais Filipinas, Sri Lanka e EUA. Porquê esta recusa em relação à moeda comemorativa da sua viagem a Portugal? Será que o Santo Padre virá mesmo a Portugal ou ainda não tomou essa decisão?

O ano de 2017, por diversas razões, é um ano chave na história da Igreja e da humanidade, é um ano em que se assinalam os centenários de diversos acontecimentos relevantes que tiveram lugar ao longo dos últimos 400 anos. Com efeito, a agenda papal deve ser muito concorrida em relação ao próximo ano. Neste contexto, convém lembrar os portugueses que, apesar de toda a euforia criada em torno de uma eventual presença do Santo Padre na Cova da Iria em 2017 para celebrar o Centenário das Aparições, essa presença ainda não foi confirmada, apesar de faltar pouco mais de meio ano para o evento. Nem o próprio Presidente da República Portuguesa conseguiu obter ainda a confirmação papal, ao contrário do que se verificou, por exemplo, em relação à viagem do Santo Padre à Colômbia ou ainda no caso da sua espantosa presença na Suécia para festejar a reforma protestante.

 

P.S.: Aproveitemos ainda este texto para reparar na integridade e na ortodoxia da Esquerda Portuguesa. A sua pureza doutrinária e o zelo pelo cumprimento dos seus mandamentos marxistas deixariam personagens como Vladimir Lenin, Mao Tse Tung ou até o próprio Karl Marx completamente perplexos se ainda fossem vivos. Já nem os camaradas Fidel Castro e Evo Morales mostram hoje tanta “fobia” à Religião Católica.

 

Basto 8/2016

8 thoughts on “Papa recusa moeda portuguesa de 2017

  1. Atenção Alex, apesar da notícia, a probabilidade de o Papa vir Fátima continua a ser maior do que a de não vir… Mas temos de estar atentos aos detalhes e a verdade é nem o Papa, nem qualquer outra fonte oficial do Vaticano confirmou ainda essa possibilidade, vá-se lá saber porquê… O que não tem muita lógica, por enquanto, é a euforia que já se vive por aqui.

    Uma correção, se me permite: a Rússia será consagrada, temos essa garantia das palavras de Nossa Senhora, mas não a tempo de evitar os anunciados castigos. Como dizia o Pe. Malachi Marti, “it will be made late, but not too late”.

    Nossa Senhora da Conceição nas águas do rio Paraíba? Nunca ouvi falar! Algum link?

    • Pois claro, que ingenuidade da minha parte… É claro que conheço a história da Nossa Senhora Aparecida! Não me lembrava do nome do rio nem associei à Nossa Senhora da Conceição! Que disparate!

      Malachi Martin, para mim, é uma das figuras mais fascinantes do séc. XX, adoraria conversar com ele.

  2. Vídeo interessante.

    A grande revelação para mim é mesmo o ano de 1717, nunca tinha reparado. Estamos a falar de uma data bastante anterior à da independência do Brasil portanto, para mim, é mais uma importante prova da presença constante da Virgem Maria na história de Portugal e da Portugalidade, e em particular este nosso grande desígnio mundial na defesa do dogma da Imaculada Conceição. Sem dúvida, mais uma data que dá ao ano de 2017 um significado especial. Obrigado Alex.

    • De nada, Basto!
      Obrigado também pelo seu comentário! Essa relação de Portugal com a Imaculada Conceição é também muito interessante. Se não me falha a memória, o Pe. Paulo Ricardo comentou isso em um dos programas dele sobre Nossa Senhora de Fátima. Não me lembro exatamente se ele mencionou a Imaculada Conceição como marca da Portugalidade, mas ele falou bastante da vocação católica de Portugal e de que o Brasil é herdeiro ou participante dessa mesma vocação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s