Declaração de acusação a Francisco

Uma declaração conjunta de acusação à orientação do pontificado do Papa Francisco foi publicada simultaneamente em dois reconhecidos jornais católicos tradicionalistas norte-americanos, nomeadamente o Catholic Family News e o The Remnant. O documento é assinado pelos respetivos editores John Vennari e Michael Matt, e pelo colunista Christopher Ferrara. Três nomes que nos habituámos a ver, ao longo de tantos anos, associados ao Fatima Center (Apostolado de Fátima fundado pelo Pe. Nicholas Gruner) na defesa da Fé Católica e da integral mensagem de Fátima.

Com fervorosa preocupação: nós acusamos o Papa Francisco

Escrito pelo The Remnant e pelo Catholic Family News

(título do documento)

accusation

O documento foi publicado sucessivamente em três partes, sob a forma de carta aberta dirigida ao Santo Padre, focando vários dos principais escândalos do pontificado do Papa Francisco que se repercutiram através da comunicação social. É um documento relativamente longo e pormenorizado, com referências a factos e ligações aos sítios onde estão documentados.

Parte 1

19 de setembro de 2016

Festa de São Januário, no mês de Nossa Senhora das Dores

Sua Santidade:

A seguinte narrativa, escrita em nosso desespero como membros leigos inferiores, é o que devemos chamar uma acusação a respeito de seu pontificado, o qual tem sido uma calamidade para a Igreja de tal proporção que encanta os poderes deste mundo. O evento culminante que nos impeliu a dar este passo foi a revelação da sua carta “confidencial” aos bispos de Buenos Aires autorizando-os, com base exclusivamente nos seus próprios pontos de vista expressos na Amoris Laetitia, a admitir determinados adúlteros públicos em “segundos casamentos” aos sacramentos da Confissão e da Sagrada Comunhão sem qualquer firme propósito de alterar suas vidas abandono as suas relações sexuais adúlteras.

[…]

Parte 2

[…]

Parte 3

[…]

Mas se  não desistir de seguir essa sua vangloriosa “visão” de uma Igreja mais “misericordiosa” e evangélica do que aquela fundada por Cristo, cuja doutrina e disciplina  Sua Santidade procura dobrar à sua própria vontade, permita aos cardeais que lamentam o erro de o terem eleito honrar os seus juramentos de sangue e, pelo menos, reclamem publicamente que  mude de rumo ou renuncie ao cargo que eles tão imprudentemente lhe confiaram.

Entretanto, temos o dever de nos opormos aos seus erros, de acordo com nossa própria posição na Igreja, e de exortar os outros católicos a participar nessa oposição usando todos os meios legítimos à nossa disposição para mitigar os danos que Sua Santidade parece determinado a infligir no Corpo Místico de Cristo. Tendo falhado todos os outros recursos interpostos, não temos outro caminho.

Deus tenha misericórdia de nós, a Sua Igreja, e de si, a sua cabeça na Terra.

Maria, Auxílio dos Cristãos, rogai por nós.

A carta de acusação faz referência a São Roberto Belarmino para justificar o sentido de obrigação que impeliu os seus autores a tomar esta atitude.

 “Assim como é lícito resistir ao Pontífice que agride o corpo, também é lícito resistir àquele que agride as almas ou destrói a ordem civil ou, acima de tudo, tenta destruir a Igreja. Eu digo que é lícito resistir-lhe não cumprindo as suas ordens e impedir a execução de sua vontade. Não é lícito, porém, julgá-lo, puni-lo, ou depô-lo.” (São Roberto Belarmino, De Controversiis sobre o Pontífice Romano, Livro II, Cap. 29)

(Reportagem da Gloria TV News, com tradução em espanhol na descrição abaixo do vídeo no Youtube)

Versão em português

(entretanto publicada)

 

Basto 9/2016

2 thoughts on “Declaração de acusação a Francisco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s