Entre a clausura e a loucura satânica, mais uma freira rebelde

Chama-se Lucía Caram, é natural da Argentina e vive atualmente em Barcelona, Espanha, e dizem que é uma freira de clausura dominicana… No final do passado mês de janeiro, perante a televisão, pôs em causa a virgindade de Nossa Senhora, a castidade de São José e, consequentemente, a condição divina de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Dá a impressão de que a regra do convento é agora bastante mais permissiva. O diabo da freira veio dizer estas loucuras para a televisão a menos de uma semana do primeiro sábado de fevereiro. A devoção dos Primeiros Sábados destina-se precisamente a reparar as ofensas cometidas contra o Imaculado Coração de Maria.

Apesar de talvez nunca ter insultado publicamente nome de Jesus Cristo e de Sua Santíssima Mãe de forma tão direta, a Ir. Lucía Caram era já internacionalmente conhecida pela sua catequese exótica em temas como a homossexualidade ou o batismo dos filhos dos “casais” gay, e ainda pelos seus ensinamentos socialistas. Gosta de fundamentar a sua doutrina – e isto surpreende menos, infelizmente – nos ensinamentos do Papa Francisco.

Ainda ninguém se lembrou de fundar a congregação das Irmãs Desatanudos

Basto 2/2017

3 thoughts on “Entre a clausura e a loucura satânica, mais uma freira rebelde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s