Região de Campânia, na Itália, também já permite a comunhão a quem pratica adultério

A Conferência Episcopal Regional de Campânia, na Itália, publicou o primeiro texto oficial da Igreja Italiana com linhas orientadoras para a aplicação da controversa exortação Amoris Laetitia. Os bispos locais aprovaram, por unanimidade, os critérios que estabelecem que quem pratica adultério também pode aceder à Sagrada Comunhão.

campania
La Stampa, 07/03/2017

Com cerca de seis milhões de habitantes, a Campânia corresponde a uma das regiões de maior densidade populacional em Itália, cuja principal cidade é Nápoles. A Província Eclesiástica de Campânia é composta por duas dezenas e meia de dioceses e territórios eclesiásticos agrupados em três arquidioceses principais.

Punto Famiglia
Diretrizes para a Aplicação da Amoris LaetitiaPunto Famiglia, 04/03/2017

 

  1. c) Um “Serviço Diocesano” dirigido aos separados e divorciados que voltaram a casar para verificação de nulidade do casamento e para o eventual início de readmissão no caminho comunhão eucarística.

[…]

Na Carta aos Bispos de Buenos Aires, o Papa Francisco diz: “Eu considero urgente a formação em discernimento, pessoal e comunitário, nos nossos seminários e presbitérios.

(in Carta aos Presbíteros das Dioceses de Campânia, de 30 de janeiro de 2017)

A tradição local relativa à interpretação do “milagre de São Januário” confirma-se assim, mais uma vez! O sangue do santo não se liquefez a 16 de dezembro do ano passado, antecipando esta tragédia para os napolitanos.

Basto 3/2017

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s