Cardeal Burke foi a Fátima e não concelebrou com o Papa Francisco

O cardeal americano D. Raymond Burke esteve em a Fátima para as celebrações do 13 de maio mas, apesar de ter chegado no dia 12, não concelebrou com o Papa Francisco no altar do recinto, na missa de canonização da Jacinta e do Francisco. A sua participação nas celebrações foi muito discreta, mantendo-se anonimamente, entre a multidão, com grupo de peregrinos que o acompanharam na peregrinação à Cova da Iria. No entanto, no dia 14, concelebrou com D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, a missa dominical no altar do recinto do Santuário.

Esta é uma notícia da SIC e do jornal Expresso.

Burke.fátima3
Cardeal D. Raymond Burke em Fátima na concelebração da missa dominical do dia 14 de maio (no altar do recinto) – SIC Notícias

 

Burke.fátima
Cardeal D. Raymond Burke em Fátima (no recinto) – SIC Notícias

 

Burke.fátima2
Cardeal D. Raymond Burke em Fátima (nos Valinhos) – SIC Notícias

Basto 5/2017

5 thoughts on “Cardeal Burke foi a Fátima e não concelebrou com o Papa Francisco

  1. Aceitando que a discrição de D. Raymond Burke não passou de uma atitude de humildade, talvez para não desviar a atenção dos aspetos centrais da celebração, ainda assim, não deixa de confirmar um profundo mal-estar na hierarquia católica.

    No entanto, do meu ponto de vista, a notícia da SIC e do Expresso é bastante hostil e tendenciosa. Seria interessante saber quem foi o padre (ou padres) que esteve tão atento à homilia que até reparou que o cardeal estava “distraído” a rezar o terço e tirou-lhe fotografias com o telemóvel. Provavelmente terá sido o mesmo (ou mesmos) que fizeram o “comentário teológico” condenatório que atravessa subtilmente a notícia.

    Provavelmente o cardeal D. Burke não entende português, por muita atenção que prestasse à homilia de D. António Marto, portanto, rezar o terço não é algo assim tão reprovável… Acusam-no de ser legalista e depois recorrem a estes argumentos pueris. Até por aqui se vê a hipocrisia de muitos daqueles que pregam a nova misericórdia.

  2. Supongo que la homilía sería en portugués; ¿qué debería haber hecho entonces el Cardenal Burke si no entiende el portugués? ¿Dormirse o ponerse a pensar en las musarañas? ¿Acaso no es más provechoso ponerse a rezar el rosario? Vergüenza debería darle al Obispo de Bragança hacer un juicio tan superficial e inmisericorde de un hermano suyo.

    • Es correcto Hermenegildo. Lo acusan de legalismo y rigorismo y luego se preocupan por esto… ¿Dónde está toda esa misericordia ahora? ¿Quiénes son ellos para juzgarlo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s