Frases que nos fazem pensar: Pe. Sérgio Leal

Pe. Sérgio Leal“A exortação Amoris Laetitia «situa-se na novidade do mundo» onde a Igreja também está e traz o encontro com a novidade que «o Evangelho deve ter para cada tempo»”.

(Pe. Sérgio Leal, diocese do Porto, atualmente em Roma em missão de estudos de Teologia Pastoral)

Contexto da frase:

Declarações prestadas à margem do encontro/peregrinação da Federação Portuguesa dos Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM), que teve lugar em Fátima no passado fim-de-semana; in Ecclesia, 05/03/2018.

Basto 3/2018

4 thoughts on “Frases que nos fazem pensar: Pe. Sérgio Leal

  1. maria Martins 7 de Março de 2018 / 9:18

    Sendo o Evangelho intemporal e, por isso, imutável, a frase em cima apresentada só terá sentido, se a Igreja obedecer e Se deixar conduzir pelo Espirito Santo. É Ele que A Ilumina desde sempre e A ajuda a optar pelo mais certo, segundo a Vontade do PAI.E quem Ama o Pai, cumpre os Seus Mandamentos!
    À Luz do Espirito Santo, aprendemos a discernir o que Deus quer realmente para nós, e não o que nós queremos, ou o que mais nos apetece fazer. Assim, obedecendo à Sua Vontade, pois é na Humildade e Confiança que Deus age, tornamo-nos dóceis à Sua Ação. Nesta Obediência sem precedentes, acreditamos que Ele tudo fará para nosso Bem, deixando-nos conduzir como crianças, ao ponto de mudar de rumo, quando os nossos apetites ou fragilidades nos empurram para situações contrárias às da Sua Palavra..
    Ora, no caso da “Exortação Amoris Laetitia”, mesmo depois de feito o discernimento, os cônjuges podem decidir comungar, segundo as suas consciências, sem mudar de vida, o que nos leva a concluir que a ajuda de nada valeu, pois continuarão a resistir ao Espirito Santo: não estarão assim, a cometer um pecado sem perdão? Sempre aprendi que, quanto mais inundados pelo Espirito de Deus, mais consciência temos da nossa miséria e do quanto d/Ele necessitamos e do mal que podemos estar a causar a nós próprios e aos irmãos. Assim, se inicia o processo da Verdadeira Conversão!
    Começamos então a sentir necessidade de rever as nossas escolhas, pois Deus Revelando-Se, nos capacita do quanto estávamos enganados e, assim sim, com a frequência dos Sacramentos, recuperamos FORÇA para Lhe OBEDECER!
    Na maneira relativista e orgulhosa como me parece estarem a conduzir todas as mudanças na Doutrina até agora defendida, ficamos com a sensação de que é o Homem que conduz todo o processo, impondo-se definitivamente à Vontade de Deus! Cada um a justifica-se, achando que tem todo o direito de viver como bem entende, para não falar da arrogância de construir um Deus à sua medida, e não aceitar um Deus que é Pai e que, por isso, tudo faz para que sejamos felizes sem prejudicar ninguém, transformando o mundo cada vez mais sem rumo, pois as verdadeiras referências se perderam.

    SEM MIM, NADA PODEIS FAZER! NÃO É ISSO QUE JESUS NOS ENSINA?!!

    • Basto 7 de Março de 2018 / 12:08

      Aquilo que mais me chamou à atenção nesta frase foi a palavra “mundo”…

  2. francisco 9 de Março de 2018 / 10:08

    Para a diocese do Porto preocupa-me esta notícia e da escolha que poderá vir daí:
    https://www.publico.pt/2018/01/03/sociedade/noticia/vaticano-ja-tem-os-tres-nomes-propostos-para-bispo-do-porto-1797891

    Realmente parecem muito amigos do “mundo”, já de Braga querem aceitar o mundo como ele é.

    Ou é o conceito protestante de que só a Fé salva e que no mundo apenas temos a tarefa de ser “bons” ou é mesmo a sedução do mundo que está a operar entre os membros da Igreja.

  3. francisco 9 de Março de 2018 / 10:52

    Esta questão do “mundo” é importante porque este acesso dos “recasados” aos sacramentos é um sintoma grave de algo mais profundo.

    Veja-se por exemplo como descrevem a Fé e a Igreja na Evangelical Lutheran Church in America, ler isto parece que estamos a ler os textos dos nossos Bispos, padres e do que vem do Vaticano actualmente:
    “When Lutherans talk about faith, we are talking about the relationship God’s Holy Spirit creates with us. It’s a relationship where God’s promise of steadfast love and mercy in Jesus opens us to a life of bold trust in God and joyful, generous service to everyone we know and meet in daily life.”
    “At the same time faith does not close our minds to the world and our hearts to others. We continue to listen to the Scriptures of the Old and New Testaments. We listen to the witness of others and we watch for the ways God is active in the world around us. Faith opens a place for engaging others in conversation, for seeking the truth, for asking questions and speaking love in word and deed.
    Faith is a full life, liberated for a living, daring confidence in God’s grace.”
    https://www.elca.org/Faith

    “We are church
    We are what God has made us – people whom God has created by grace to live in union with Jesus Christ and has prepared to live faithful, fruitful lives by the power of the Holy Spirit (Ephesians 2:8-10). In Jesus Christ, God has reconciled us to God and to each other. As we gather around word and sacraments, this life in Christ is what defines, shapes and guides us as a community of faith, the church.
    By God’s grace we can and do live confidently and generously in this community of faith and in service of others, amid the mysteries and paradoxes of this life in Christ – including our human limitations and failings, and the ambiguities, uncertainties and suffering that we experience.”
    “God’s word, specifically God’s promise in Jesus Christ, creates this liberated, confident and generous faith. God gives the Holy Spirit who uses gospel proclamation – in preaching and sacraments, in forgiveness and in healing conversations – to create and sustain this faith. As a Lutheran church, we give central place to this gospel message in our ministry.
    We understand to be Lutheran is to be ecumenical – committed to the oneness to which God calls the world in the saving gift of Jesus Christ, recognizing the brokenness of the church in history and the call of God to heal this disunity.”
    “In Christ none of us lives in isolation from others. Jesus is our peace and has broken down the walls that divide us – walls of judgment, hatred, condemnation and violence – and has made us into one, new human community”
    “This spiritual communion depends only on God’s mercy that comes to us in the word and sacraments. That alone is enough for unity, and so we yearn for this communion with all Christians at the Lord’s table. ”
    https://www.elca.org/About

    Agora compare-se com a clareza do catecismo:
    386. O que é a fé?
    A fé é a virtude teologal pela qual cremos em Deus e em tudo o que Ele nos revelou e que a Igreja nos propõe para acreditarmos, porque Ele é a própria Verdade. Pela fé, o homem entrega-se a Deus livremente. Por isso, o crente procura conhecer e fazer a vontade de Deus, porque «a fé opera pela caridade» (Gal 5,6).

    O que é a esperança?
    A esperança é a virtude teologal por meio da qual desejamos e esperamos de Deus a vida eterna como nossa felicidade, colocando a nossa confiança nas promessas de Cristo e apoiando-nos na ajuda da graça do Espírito Santo para merecê-la e perseverar até ao fim da vida terrena.
    O que é a caridade?
    A caridade é a virtude teologal pela qual amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos por amor de Deus. Jesus faz dela o mandamento novo, a plenitude da lei. A caridade é «o vínculo da perfeição» (Col 3,14) e o fundamento das outras virtudes, que ela anima, inspira e ordena: sem ela «não sou nada» e «nada me aproveita» (1 Cor 13,1-3).
    O que significa a palavra Igreja?
    Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os confins da terra, para constituir a assembleia daqueles que, pela fé e pelo Baptismo, se tornam filhos de Deus, membros de Cristo e templo do Espírito Santo.
    http://www.vatican.va/archive/compendium_ccc/documents/archive_2005_compendium-ccc_po.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s