Prática de Amoris Laetitia será implementada na diocese de Portalegre-Castelo Branco

amoris.portalegre

Sem surpreender, o bispo D. António Dias escreveu uma carta pastoral que lançará a prática de Amoris Laetitia na diocese de Portalegre-Castelo Branco. De acordo com a Rádio Renascença, através deste documento, D. António dá algumas orientações para ajudar os divorciados a viver em nova união…

O bispo da Diocese de Portalegre–Castelo Branco escreveu uma carta pastoral com o título “A Bem da Família”, na qual oferece algumas “orientações positivas” de ajuda aos divorciados a viver em nova união.

(in Renascença, 07/06/2018)

O método de “discernimento” proposto por D. António Dias, o qual poderá abrir a Sagrada Comunhão a um adúltero, se este assim o entender, passará por cinco fases, conforme se explica no jornal Reconquista. Chegando à fase 4, o adúltero deverá tomar uma decisão que pode ser “sim, não ou para já não” e na fase 5 será confirmado nessa decisão.

E assim, a nova misericórdia do Papa Francisco invade agora a Beira Baixa e o Alto Alentejo, encontrando menor resistência do que os espanhóis durante a Guerra das Laranjas…

Basto 6/2018

4 thoughts on “Prática de Amoris Laetitia será implementada na diocese de Portalegre-Castelo Branco

  1. maria martins 8 de Junho de 2018 / 5:51

    MARANATA !!!!

  2. Maria Ribeiro 8 de Junho de 2018 / 12:06

    Cegos a guiar outros cegos!
    Que os senhores Bispos devem amar o Papa, reconhecê-lo, como Pontífice da Igreja Católica…certo! Pessoalmente reconheço-o como tal!
    Mas não posso nem devo segui-lo! Pelo contrário…devo corrigi-lo! Nunca vi um Papa tão citado e tão obedecido, como este?!
    O famigerado Capítulo VIII da herética Amoris Laetitia é o CANCRO, da Igreja, neste momento que vai criando “metástases” por todo o CORPO MÍSTICO! O “sistema imunológico” vai ficando débil e outras doenças virão!
    Sinceramente, não quero seguir Bispos como estes, com todo o respeito por aquilo que representam, que, por sinal representam muito mal!!
    Somos católicos, quero continuar a ser católica! Mas os Bispos de Portugal, não merecem crédito nenhum!!
    Pessoalmente escrevi para todos, mais que uma vez! Já não sei o que fazer?!

  3. Maria Ribeiro 8 de Junho de 2018 / 12:44

    No referido artigo, sobre a comunicação do Bispo, a autora diz o seguinte: “Ou seja, sem por de lado a letra do Evangelho, esta proposta de pastoral…”!
    !Mas não é “letra do Evangelho”….meus senhores…é a PALAVRA de Jesus! Ai da Igreja que, “por causa da dureza do coração”, volta à Lei de Moisés!!!!
    Ontem no Terço, em Fátima, na meditação do 3º Mistério, alguém rezou assim: “……que todos os filhos voltem à casa do Pai….(sem o rancor dos filhos mais velhos)”!! Não tenho absoluta certeza das primeiras palavras…mas ouvi perfeitamente “sem o rancor dos filhos mais velhos”! Fiquei a pensar, netas palavras!!
    É muito duro ouvir expressões como esta…porque é falaciosa!
    Quem é que não quer que os outros se convertam?! Quem serão para estas pessoas…os filhos mais velhos??!!

  4. Basto 8 de Junho de 2018 / 13:34

    Excelente analogia essa do cancro, mas neste caso é uma patologia induzida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s