Arcebispo de Braga anuncia os primeiros casos de recasamento aprovados em processos de “discernimento”

Jules-Arsène Garnier.jpg
Jules-Arsène Garnier (1876)

Em declarações à TSF, D. Jorge Ortiga anunciou que dois casos de recasamento que se submeteram às provas de “acompanhamento e discernimento” da Arquidiocese de Braga já estão em condições de aceder à Sagrada Comunhão.

Equipa de discernimento da Arquidiocese de Braga:

  • Um grupo de padres jesuítas
  • Um casal de leigos
  • Um psicólogo

(de acordo com a informação apresentada pela TSF)

Sem revelar pormenores particulares relativos aos casos de recasamento em questão, o arcebispo explica que o processo de “discernimento” passa por avaliar a estabilidade da nova relação iniciada pelo divorciado e “o seu compromisso na fé”.

É um processo de longa caminhada para poder fazer um discernimento e ver até que ponto aquela nova relação, após uma outra que não tinha corrido bem, está orientada para uma vida estável, com a exigência cristã e com o seu compromisso de fé.

(D. Jorge Ortiga; in TSF, 26/09/2018)

Estes deverão ser os dois primeiros casos de recasamento pastoralmente aprovados pela Igreja em toda a história de Portugal, todavia, de acordo com a informação prestada pelo arcebispo à referida estação de rádio, não deverão ser os únicos.

Basto 9/2018

9 thoughts on “Arcebispo de Braga anuncia os primeiros casos de recasamento aprovados em processos de “discernimento”

  1. Nada.. que já não prevíssemos ! Ninguém pode dar aquilo que não tem!
    Onde estão os que, ainda há meia dúzia de anos, eram tão coerentes e nos aconselhavam com tantas certezas?!!
    Será isto, construir a casa sobre a rocha? Onde ela já está! Nem escrevo o que me apetece chamar-lhe a ele, e ao seu grupo, para não dizer: PANDILHA!
    Quando rebentou a polémica, fartaram-se de defender o Papa, dizendo que era apenas para tentar ajudar a declaração de nulidade, pois, o Matrimónio continuava INDISSOLÚVEL! FARSANTES E HEREGES! Estão todos com medo de perder o POSTO!… A partir de hoje, vai acontecer como no Civil e como nas nulidades! Só mudam o nome… ao menos, que se assumam e declarem que na Igreja já há DIVORCIO!
    Sempre os primeiros, pelos piores motivos! Mas, nem sei porque estou tão nervosa; isto já estava mais do que combinado!
    Rezar por esta gente? Cada vez me custa mais! Que Deus me perdoe, mas, a partir de hoje, só se for para que Deus aja, o mais brevemente possível, e faça uma LIMPEZA NATURAL!

  2. Sinto que, em mim se esgotou o vocabulário! Já não tenho capacidade de dizer seja o que for, sobre esta Diocese (no tocante a este assunto) uma das mais laicizadas do país, isto para não dizer paganizadas…
    Tristeza…apenas tristeza…Pobres almas…

  3. E agora, que já dormi sobre o assunto, pois, ontem, fui apanhada de surpresa, quero frisar que a minha revolta não é contra nenhum casal , mas sim, contra o rumo para onde estes PSEUDO PASTORES nos estão a conduzir! De dia para dia, cada vez mais nos afastamos da Palavra, que é Jesus, e banalizamos tudo! E com capa de bons! Ser FIEL, dá muitas dores de cabeça!
    Apetece-me recordar a passagem de ” O Evangelho como me foi Revelado”, em que Jesus lhes chama, “palheiros inchados que, apenas, nos dão palha que nos desnutrirá”. (isto, porque não possuem qualquer Espiritualidade) E, continuando afirma: mas se eles não A possuem…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s