O fumo branco foi realmente visto às 6:66, hora local em Roma?

Há seis anos, no dia 13 de março do ano 13 do corrente milénio, quando os relógios de Roma marcavam exatamente 19:06 (CET/UTC+1), o fumo branco foi visto por milhões de católicos na chaminé existente sobre o telhado da Capela Sistina. O mundo inteiro festejou efusivamente, mas desde então passou a ter dois papas, o Bento e o Francisco, e duas doutrinas, a de sempre e a de Bergoglio.

Digam o que disserem – venha o Papa, venha o Bispo ou venha o Buda -, receber a Sagrada Comunhão em estado de pecado mortal, ou seja, persistindo num relacionamento sexual com a esposa ou o marido legítimo de alguém, conduz ao Inferno quem o faz e quem o permite. E a mesma atitude aplica-se a todas as outras doutrinas diabólicas e procedimentos pseudopastorais que infestaram a Santa Igreja de Cristo.

Quando rezardes o terço, dizei, depois de cada mistério: Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno; levai as alminhas todas para o Céu, principalmente aquelas que mais precisarem.

(Nª Sª do Rosário de Fátima a 13 de julho de 1917, imediatamente após a revelação do Segredo aos pastorinhos; in Memórias da Ir. Lúcia – volume I)

O Magistério da Igreja é Infalível, não dá para contrariar…

Basto 05/2019

11 thoughts on “O fumo branco foi realmente visto às 6:66, hora local em Roma?

  1. Confesso, que nunca liguei muito a essa simbologia, mas pelas evidências, começo a ficar assustada! E digo isto, com o coração AMARGURADO! Não só, pelo que possa representar para nós Católicos todos estes sinais, mas também, por tudo que possa acontecer aos MENTORES de toda a CONFUSÃO em que estamos mergulhados! Não deixam de ser nossos IRMÃOS…
    E, quanto ao Papa Francisco, gostaria MUITO, MAS MUITO, de acreditar, que não passa de um “bem intencionado”, usado, mas de quem Deus não deixará de ter Misericórdia, apesar de no livro do Apocalipse, o fecho previsto não deixe antever isso.

    REZEMOS POR ELE!

  2. Bem a propósito, ontem estava a ler um pouco do livro «apelos da mensagem de Fátima» da irmã Lúcia e calhou de abrir na página onde fala do 6º mandamento e lá está bem explícito o que aqui nos indica Basto.
    Se tiver por aí o livro acho que vale a pena partilhar aqui no site as palavras da irmã Lúcia que são bem claras sobre a verdadeira misericórdia.

  3. Duas explicações do Papa São João Paulo II:
    “Na Eucaristia há uma especial exigência de pureza, que Jesus salientou expressamente na última Ceia….Ele desejava também fazer-lhes compreender que, para a refeição eucarística, era necessária também uma pureza de coração que só Ele, o Salvador, estava em condições de dar. Ele reconheceu então tal pureza nos Doze, excepto num: “Vós estais limpos, mas não todos” (Jo. 13, 10). Aquele que se aprestava a traí-1’O não podia participar no banquete senão com sentimentos hipócritas. O evangelista diz-nos que, a partir do momento em que Judas recebeu o bocado dado por Jesus, “entrou nele Satanás” (Jo. 13, 27). Para receber em si a graça do alimento eucarístico, são requeridas determinadas disposições da alma, faltando as quais a refeição corre o risco de se transformar numa traição.”
    http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/audiences/1983/documents/hf_jp-ii_aud_19830615.html

    “Fonte da unidade eclesial, a Eucaristia é também a sua máxima manifestação. A Eucaristia é epifania de comunhão. Por isso, é que a Igreja põe condições para se poder tomar parte de modo pleno na celebração eucarística. As várias limitações devem levar-nos a tomar uma consciência cada vez maior de quão exigente seja a comunhão que Jesus nos pede.”
    http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/2004/documents/hf_jp-ii_apl_20041008_mane-nobiscum-domine.html

  4. Sim, sempre confiamos nessa premissa, tal como afirma o Catecismo da Igreja Católica que explica o magistério do Papa como sua prerrogativa principal, a de ensino, pois ele não é superior à Palavra de Deus, mas seu servo (cânon 85).
    A tarefa do Papa é preservar e ensinar a Fé que recebeu, não para inventar “novos mandamentos”. De facto esta postura era segura, até há alguns anos atrás.

    O mais preocupante é ouvir frases como esta: ”Francisco é o Papa, e quando ele fala, é magistério,” disse o Cardeal Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do Sínodo dos Bispos em 9 de maio no site CruxNow.com.
    Evidente que esta referência é exagerada, mas, na verdade, uns e outros pensam da mesma forma…

    A não ser que se consiga provar, de forma inequívoca que Bergoglio não foi canonicamente eleito. Até aqui há imensos indícios, mas até prova em contrário o “réu é sempre inocente”. Que Deus me perdoe!! Os que poderiam confirmar, ou calam ou morrem…

  5. Só porque é Papa, tudo o que diz é Magistério? Desde que não vá contra a VERDADE de JESUS CRISTO!
    Não é São Paulo que nos adverte, para que não obedeçamos, “sequer”, a um Anjo, se Ele pregar um Evangelho diferente do Proclamado por Jesus Cristo?Se Ele (Evangelho) é IMUTÁVEL e INTEMPORAL, porque é o Próprio Jesus (DEI VERBUM), quem é o Papa, para O contradizer?
    No meio de isto tudo, apenas, lamento, a sua teimosia ou a sua “resistência” à Graça, pois, olhando ao seu passado, viveu , demasiadamente, agarrado a tudo que é Humanismo, fruto de uma sociedade deveras injustiçada e insensível ao verdadeiro Amor pelo Próximo.
    No meu entender, humanizou-se demais (?), esquecendo-se de que, sem Deus, mesmo que nos pareça estarmos a fazer o Bem, podemos estar a cavar a nossa condenação. Daí, a principal Virtude deve ser, sempre, a da OBEDIÊNCIA TOTAL À VONTADE DE DEUS!

  6. Sobre o papa Francisco, eu não sou capaz de ver o “…copo meio cheio…”, esta claro que ele esta alinhado com as políticas globalistas. Se o sínodo da Amazônia estabelecer aquilo que esta sendo pregado, então haverá um cisma, a igreja ficará dividida em diversas facções. E aquela facção que permanecer com os bens da igreja e seus templos promoverá um liberalismo sem precedentes, bem ao gosto do mundo.
    Depois de algum tempo, nem poderá ser reconhecida, tão semelhante estará a qualquer Ong.
    Como Nosso Senhor prometeu que as portas do inferno não prevalecerão contra sua igreja, um pequeno remanescente de fiéis viverá escondido tal qual no tempo das catacumbas, sementes para um novo começo, uma nova era de mártires contra o neopaganismo!

    • Não é bem isso Samanta… Quando ainda reinava a dúvida sobre as intenções papais, os bispos de Buenos Aires interpretaram a sua ambígua exortação apostólica “Amoris Laetitia” como uma autorização de abertura da comunhão aos adúlteros e logo essa interpretação foi confirmada por Francisco como a adequada. Depois mandou publicar essa interpretação nos meios de comunicação do Vaticano, como exemplo para os outros bispos do mundo e, posteriormente, introduziu essa interpretação no boletim “Acta Apostolicae Sedis” para lhe atribuir o estatuto de magistério, apesar de ser completamente contra o magistério…

      Está tudo aqui nesta pasta:
      https://odogmadafe.wordpress.com/category/a-alegria-do-amor-na-argentina/

  7. Meu Deus, há tanta coisa que ainda não sei!
    Era bem melhor permanecer na ignorância porque, assim, conservaria o benefício da dúvida e rezaria por ele, com mais vontade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s