Terminou ontem a greve do movimento feminista radical alemão contra a autoridade católica

maria.2.0.jpgFoi organizada pelo autodenominado movimento “Maria 2.0” e estendeu-se de 11 a 18 de março, contando com o apoio de um bispo local e de vários clérigos católicos alemães que se rebelaram contra o “não” do Papa às diaconisas. Exigem, entre várias outras reivindicações, “uma renovação radical da Igreja Católica e o acesso das mulheres a todos os ofícios eclesiásticos”.

Basto 05/2019

15 thoughts on “Terminou ontem a greve do movimento feminista radical alemão contra a autoridade católica

    • Concordo consigo, não sabe? É que se for para ficarem de boca fechada e tapadinha com fita-cola, como se vê nessa foto, em cima, até seria uma óptima ideia, essa greve durar 100 anos.
      Então o Papa, agora já não lhes agrada?
      Bando de mulheres desocupadas…Na Nossa Igreja não há lugar para “padras”. Eu como mulher católica não aceitaria uma coisa dessas.

  1. Como mulher, sinto pena, que as mulheres contribuam, cada vez mais, para desestabilizar… quando há tantos cargos onde podem fazer tanta coisa de útil pela Igreja e que, pelo que conheço, continuam a ser menosprezados: catequese, voluntariado em qualquer vertente social, leitoras, cantoras…
    O COMPLEXO de querer ser IGUAIS aos homens é ridículo porque, se nascemos anatomicamente diferentes, é porque Deus QUER, que as funções de cada um se completem, e não que entrem em despique!
    Sempre GOSTEI MUITO de ser mulher, precisamente, porque entendo muito bem, a minha função, e fico envergonhada, quando vejo o triste papel DESTAS FEMINISTAS que já não basta o mal que fazem no mundo, ainda trazem para dentro da Igreja, todas as suas FRUSTRAÇÕES. Uma coisa é lutar pela discriminação salarial, pela indignidade que nos considera seres inferiores…. outra, é querer USURPAR os lugares que Jesus, o FUNDADOR da Igreja, considerou serem, somente, para HOMENS! Não porque o papel seja menor, mas porque ELE acha que, tal como Ele é a CABEÇA da igreja e escolheu Pedro, devemos OBEDECER, reservando para a mulher outro papel, ainda mais SUBLIME!
    O papel da mulher, no meu entender, pela sua Psicologia mais sensível, mais paciente,mais perspicaz,mais dócil, com maior capacidade de sofrimento, e muito mais, do que o homem, pode, na retaguarda, ser de muito maior importância, do que se estiver na CHEFIA!…
    Acredito que, se as mulheres não se tivessem demarcado do PAPEL PARA QUE DEUS AS CRIOU e tivessem sido mais dóceis à SUA VONTADE, de certeza, que o MUNDO estaria melhor!
    Já imaginaram, como seriam as famílias onde a MÃE se preocupasse mais em IMITAR NOSSA SENHORA que, aparentemente, sempre, agiu, na sombra?!
    Para mim, estas senhoras não estão nada preocupadas com a Igreja, mas, apenas querem MANDAR e DAR NAS VISTAS!
    Nunca mais esqueci de ter visto na televisão, a REGATEIRICE de uma senhora portuguesa muito desejosa de uma “nova igreja”, onde as mulheres pudessem ter acesso a todos os papéis e que, depois da Eleição de Bento XVI, se virou para um padre Franciscano toda zangada, pondo em causa a Eleição, acusando São João Paulo II de ter estado por de trás, com o argumento de que NA IGREJA NÃO HAVIA DEMOCRACIA!
    “Impávido e sereno”, esse Padre Franciscano de cujo nome não me recordo, somente lhe respondeu: “Minha senhora, a Igreja não é nenhum partido Político!

    São senhoras como estas, que querem o Bem da Igreja?!

  2. Mas alguém pode, ainda, acreditar nuns e noutros?
    A freira, que ameaça fundar uma nova Igreja, está, completamente, desatinada, e é uma ignorante, ou faz-se, relativamente, ao que Deus exige, na OBEDIÊNCIA… e daí, se possa concluir, que age de má fé e, por isso, é uma herege.
    Basta que se leia os Livros dos Místicos, onde Jesus Se Revela, escolhendo almas místicas predilectas, para transmitir certas estratégias que podem ajudar a melhor pôr em prática, a Sua Doutrina, e onde se pode ver como o Próprio Jesus é paciente, lento e demorado, relativamente, à decisão da Igreja, personificada no Papa ou noutro Superior hierárquico: Jesus NUNCA Se sobrepõe à Igreja! Por isso, aconselha-os — os místicos– a aguardarem, tantas vezes, sofrendo e rezando, até que Ele, Jesus, adocique os seus corações e, assim, possam fazer-Lhe a Vontade! Foi isso, com Santa Faustina, Alexandrina de Balazar, Fátima que somente ACORDOU, TARDE DEMAIS…

    Daí, o MEDO de muitos em DISCERNIR, neste momento, penso eu, se têm o direito e o dever de se insurgir contra “esta Igreja”, ou saber esperar, o TEMPO DE DEUS!

    Quanto à ambiguidade do Papa Francisco, relativamente, ao tema em questão, é como o Basto diz: “uma no cravo, outra na ferradura”, para poder agradar aos dois lados; só que, aqui, também, ele está a DESOBEDECER e a querer mudar o que não pode nem deve!

  3. De dia, para dia, TUDO se vai desmoronando “a olhos vistos!” Se o Basto não explicasse, nunca imaginaria tal ABERRAÇÃO!
    Agora, é que a frase: “Por fim, o Meu coração triunfará”, ficaria bem encaixada! Já não tenho palavras!
    São mesmo SATÂNICOS!…

    E os MONSTROS, que estão por de trás, continuam a nada fazer e a PREGAR A TOLERÂNCIA?!
    É por isso, que os nossos jovens estão como estão!

    A minha mãe costumava dizer: “Muito bons são eles, para aquilo que se lhes dá! Coitado de quem os tem!!!”

    MENTES PERVERSAS!

  4. Por Amor de Deus, Nossa Senhora nãoooo!!!!!!!!Que não mexam com Nossa Senhora!!! Isto é que atrai castigos porque Jesus não pode tolerar uma ofensa, uma injúria destas! Aqui, também deixo de ter misericórdia e de orar por eles…
    Ofereço, sim algo para reparar o Seu Imaculado Coração. Minha Querida Nossa Senhora não permitais que Vos façam esta desfeita, pois o nosso pobre coração “sangra” de tristeza…Amo-Vos, Querida MÃE!

  5. Sugiro aos responsaveis deste eminente site que vejam a denuncia do Dr. Pe. Paulo REnato Dorneles, brasieiro, sobre Francisco. Ele denuncia com todas as palavras que FRancisco é um usurpador e a segunda besta apocaliptica…

  6. Quando escuto este Sr. Padre, fico com a sensação de que ele diz aquilo que eu gostaria de dizer, mas que, pela a falta de conhecimentos teológicos, pelo medo de aumentar a confusão ou de faltar à Caridade, me calo e, no mínimo, “penso em voz alta”, com alguém que me oferece muita CONFIANÇA!
    Já, na intervenção anterior a esta última carta, Bento XVI afirmou de maneira velada, que apenas diferia do Papa Francisco no Estilo e que ele era um grande Teólogo… o que nos pode levar a pensar, que a Doutrina é a mesma, só varia o modo de A aplicar. Agora, remata com um Agradecimento a Deus, pelo aparecimento do Papa Francisco, como se ele fosse Iluminado!
    Confesso, que fico um pouco apreensiva, pois, não querendo comparar o incomparável a nível de “Currículo de vida”, ou “estilo”, nem quero acreditar que, alguma vez, as coisas com Bento XVI, pudessem chegar ao ponto que estão, com o actual Pontificado.
    Que a sua grande intelectualidade, inteligência ou “cobardia” de não se saber impor, o prejudicou imenso, em algumas matérias fulcrais, já confessadas por ele mesmo, é verdade!
    Mas então, se é para ser ambíguo, deixando-nos sem saber de que lado está, e agradecer a Deus a sua Renúncia, mais vale estar calado, porque tenho a CERTEZA, de que a resposta de São João Paulo II a quem o queria depor: “Jesus também não desceu da Cruz”, para mim, é que é a CORRECTA!

    “QUO VADIS”, Menino?
    Vou para Roma, para ser Crucificado outra vez!!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s