11 thoughts on “Momento de adoração eucarística no Corpus Christi de 2019

  1. Mas isto é que é VERDADEIRA COERÊNCIA!!…

    Só agradeço a Deus, a moda ainda não ter pegado, como “sua santidade” gostaria que pegasse!!!
    Continuo a constatar, que pouquíssimos sacerdotes (apenas vi, até hoje, o D. António Marto e o Pe. Carlos Cabecinhas…) tentam imitá-lo, apesar de ser isso que ele pretende: converter pelo testemunho!
    Estive atenta às últimas Celebrações do dia 13 de Maio, em Fátima, e ADOREI ouvir, da parte do SENHOR PADRE que presidia, que se AJOELHASSEM perante o SANTÍSSIMO SACRAMENTO, na hora da Bênção!
    E, graças a Deus, todos obedeceram!!!

  2. A cena do Papa beijando os pés dos muçulmanos é uma coisa tão constrangedora que nem tenho palavras para descrever. Quem bom se tivéssemos Papas como os do primeiro século, que preferiam o martírio a se curvar diante dos poderes do mundo!

  3. O papa Francisco reverencia e se ajoelha, ao que nos tem parecido, aos dirigentes das outras religiões fora da comunhão da Igreja católica num ecumenismo pessimamente entendido, a notorios pecadores públicos e demais autoridades terrenas que julgaria merecedoras de reverencia, respeito e mesmo ajoelhar-se a seus pés, como nas Quintas Feiras da Semana da Paixão de nosso Salvador e Mestre, N Senhor Jesus Cristo, embora ele silente, muito eloquente!

  4. Se há característica que me fascina em Jesus é a SUA ENORME DIGNIDADE, a Sua postura, “quase altiva”, segura… perante aqueles que O afrontavam; uma altivez digna de um MESTRE que, sem pretender humilhar ou menosprezar, se impõe, naturalmente, porque sabe Quem é e ao que vem!!
    Com um simples olhar, conseguia aquilo que tantos não conseguem durante uma vida. É só ler alguns relatos da época: como as prostitutas, muitas contratadas de propósito para O seduzir, se convertiam e mudavam de vida; a cena do soldado romano que O prendeu, no Horto das Oliveiras, e que quase tombou de medo, quando Ele o fixou… Possuía uma AUTORIDADE NATURAL, DIVINA, que convencia todos aqueles que O procuravam de Boa Vontade e deixava perplexos os que, constantemente, Lhe preparavam ciladas! Ele distinguia bem os dois lados, porque o Espírito Santo estava n/ELE! Nunca Se CURVOU, perante os INIMIGOS a quem respeitava e ordena que amemos, mas sem nunca NEGOCIAR com eles e, muito menos, BAJULAR!!!
    E, muito mais, haveria para dizer, sobre este capítulo!…

    Contudo, tristemente, assistimos a cenas como estas… que eu até relevaria, se visse os mesmos que apoiam estas manifestações de “falsa humildade”, se CURVAREM, PROSTRAREM e ARRASTAREM… diante do SANTÍSSIMO SACRAMENTO, CENTRO OU ALMA de toda a nossa ESPIRITUALIDADE!
    Aquele que que prometeu que ficaria connosco dessa maneira até ao fim, para ser a nossa Força, e que Se queixa, segundo relatos das almas Místicas, por Ele escolhidas, de que quase ninguém O visita e O ADORA!!!
    O Exemplo deveria vir de Cima mas, infelizmente, é isto a que assistimos!!!

    • Maria, tenho estado em Fátima. Passei aqui a Solenidade de Corpus Christi e, instintivamente reparo em cada gesto, em cada atitude, perante o Santíssimo.
      Todas as Quintas-feiras à noite, bem como ao Domingo à tarde, se realiza a Procissão Eucarística. Ontem, por exemplo foi a peregrinação das Forças Armadas, com o respectivo Bispo D. Rui Valério.
      Foi reconfortante olhar aquele mar de gente, aqueles homens fardados seguindo, junto ao pálio, sobretudo a Marinha, (penso) de branco. Foi um momento solene, de enorme respeito e grande participação. O recinto repleto.

      A (minha) apreciação, no tocante ao respeito e adoração é bastante positiva. Sempre, mas sempre, quem preside pede que, quem puder se ajoelhe. A maioria assim procede. O Bispo permaneceu de joelhos e, na Bênção, mais uma vez recomendaram a genuflexão, em sinal de Adoração.

      Fiz questão de ceder esta informação, a fim de te oferecer uma pequena “consolação “de Deus.

  5. OBRIGADA de todo o coração!
    Fico felicíssima, por ver confirmada a minha suspeita: “Em Portugal, a moda ainda não pegou”!
    Até, me atrevo a dizer, que me parece estar a produzir efeito contrário… Isto, porque nas igrejas onde se expõe o Santíssimo, diariamente, sinto mais recolhimento nos sacerdotes e muitos cantam, de joelhos, a Jaculatória do Anjo: “Meu Deus eu Creio, Adoro….”, com mais Fé, para além de se estar a pedir que se faça mais Adoração ao Senhor!
    Que Nossa Senhora continue a proteger este Seu pequenino torrão, que é Portugal, pois, as Leis que tem adotado, não o tem dignificado nada!

  6. Palavras proféticas de Bento XVI:

    «Não terás outro Deus além de Mim” (Êx 20, 2-3). Encontramos aqui o sentido do terceiro elemento constitutivo do Corpus Christi: ajoelhar-se em adoração diante do Senhor. Adorar o Deus de Jesus Cristo, que se fez pão repartido por amor, é o remédio mais válido e radical contra as idolatrias de ontem e de hoje. Ajoelhar-se diante da Eucaristia é profissão de liberdade: quem se inclina a Jesus não pode e não deve prostrar-se diante de nenhum poder terreno, mesmo que seja forte. Nós, cristãos, só nos ajoelhamos diante do Santíssimo Sacramento, porque nele sabemos e acreditamos que está presente o único Deus verdadeiro, que criou o mundo e o amou de tal modo que lhe deu o seu Filho único (cf. Jo 3, 16).»

    (Excerto da Homilia na Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo em 22 de Maio de 2008

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s