Nova pastoral no Patriarcado de Lisboa: “neo pop art” na Igreja de São Mamede

Entre os dias 19 de julho e 1 de setembro, está patente na Igreja Paroquial de São Mamede, em Lisboa, uma exposição pop art, da artista plástica Rueffa, intitulada “Welcome”.

A artista plástica Rueffa preparou uma exposição improvável. No primeiro piso da Igreja de São Mamede espalhou um universo de personagens icónicas da cultura mundial como Lucio Fontana, Maria Callas, Marilyn Monroe, Blondie, Beethoven, Mozart, Ray Charles ou Michael Jackson, sempre com o estilo que caracteriza como “neo pop art”.

In Time Out, 22/07/2019.

A paróquia de São Mamede, para além de ter cedido o espaço para a exposição, fez uso pastoral das obras expostas, tentando, talvez, como vemos abaixo, sensibilizar os fiéis para a estupidez espiritual…

 

A inquietude de Marta

pop.part.são.mamede.

 

O amor de… Blondie

pop.part.são.mamede...jpg

 

A rede e os peixes

pop.part.são.mamede.jpg

Na verdade, e hoje cada vez mais, a redes de pesca também acabam por apanhar algum lixo.

Basto 08/2019

18 thoughts on “Nova pastoral no Patriarcado de Lisboa: “neo pop art” na Igreja de São Mamede

  1. Realmente, quanto mais vejo, menos entendo!
    Claro que Evangelizar é levar Jesus , a Palavra, a todas as circunstâncias da nossa vida, e isso chama-se, segundo me ensinaram, REZAR COM A VIDA! Mas penso que o papel dos Ministros de Jesus, Sacerdotes, não passa, por se igualar, banalizando-se, ao dos divertimentos do mundo: Eles são outro Cristo na Terra.
    Logo, devem agir como Ele:…”Eu sou Rei do Espírito. Eu não vim para GOZAR, mas para Converter. Eu ofereço privações, sacrifícios e dores e não tenho outra coisa, mas depois da minha e da vossa morte, na Minha Fé, Eu vos darei o Reino Eterno: o Reino dos Céus!”..

    …”A Minha ira contra os profanadores do Templo é sempre consequência da minha meditação sobre as próximas desventuras.
    São sempre as profanações do Culto de Deus e da Sua Lei, que provocam os castigos do Céu.
    Fazendo da Casa de Deus uma espelunca de ladrões, os sacerdotes indignos, mais os Crentes indignos, pois são só Crentes de nome…. atraem a maldição e a morte…”
    …” Eu vim para os Homens e não para os Anjos. Eu vim para restituir aos Homens a Sua Realeza de filhos de Deus, ensinando-os a viverem como deuses e, DEUS É SEM LUXÚRIA !..
    ….”A vida é um dom santo para atingir a Eternidade e, por isso, deve amada e vivida, santamente….
    …”Eu tive que tomar uma carne verdadeira, para poder sofrer as tentações do Homem e dizer ao Homem, depois de o ter instruído: “Fazei como Eu!”
    :::” Seguir- Me não é fácil, porque estais tão impregnados pela sensualidade, que nem admitis que seja possível, o que Eu vos digo”… discurso de Jesus aos Apóstolos—O Evangelho como me foi Revelado—

    Ora, se a Vida de Jesus é um apelo constante ao sacrifício e à emulação, comparada com o facilitismo apregoado pelos nossos actuais sacerdotes… faz-nos acreditar que: ALGO NÃO VAI BEM….

  2. Tenho visto alguns vídeos no YOUTUBE, onde padres modernistas animam Celebrações e Eucaristias , quase sacrilegamente. Mas como tudo isso é longe, mesmo lamentando, porque somos todos Igreja, dava Graças a Deus, por essas MODAS ainda não terem cá chegado!
    Contudo, pela banalização das Pastorais que vemos, com certeza, também depressa lá chegaremos!
    E como não me canso de ler e reler a Obra de — O Evangelho como me foi Revelado — para quem tiver paciência, aqui vai mais uma Passagem.
    Disse Jesus sobre a edificação do NOVO TEMPLO, Actual Igreja: “Vós O edificareis sob a Direcção de Deus, com Deus nos corações, para fazer deles umas pedras polidas , sem fendas, para um Templo Novo. Será o Reino de Deus estabelecido com as Suas Leis no vosso espírito.
    E vós Sacerdotes novos do Templo Novo, escutai: Ai de vós, se algum de vós se fizer ídolo e não supervisionar a si mesmo e aos outros fiéis, a fim de verificar a qualidade das pedras, não confiando apenas nas aparências, deixando que materiais deteriorados prejudiquem a Construção do Templo, para provocar escândalo, atraindo a IRA DIVINA! Ai de vós, se deixardes que se formem fendas e paredes inclinadas prontas a cair, porque não estão bem seguras nas bases! A queda da parede virá somente por culpa vossa e não de Deus, o Fundador da Igreja!
    Usai de muita diligência, cuidado, observação, prudência. Agi com Caridade, mas com firmeza, para não desgostar a Deus e arruinar o Edifício, e se tiverdes que afastar ou mudar alguma pedra fazei-o; sede corajosos e ousados, alinhando-a com o escopo do Santo Zelo. Se ela gritar de dor, não faz mal, ela vos abençoará por toda a Eternidade, porque a Salvaste! Porém, se ela persistir e for causa de ruína, afastai-a completamente; não tenhais medo! É MELHOR HAVER POUCA PEDRA DO QUE MUITO ESTORVO!
    Não tenhais pressa! Deus nunca tem pressa , mas tudo o que Cria é Eterno, porque é bem calculado, antes de ser feito. Imitai o Senhor! Tende a Sua Lei em vós e o Seu Reino, e não falhareis! Olhai o Universo!
    Mas se construisses o Novo Templo com as contribuições doentes do orgulho, da avidez, do pecado, da luxúria, Ele se desabaria por um castigo sobrenatural para os homens, porque de Santo só teria o nome, ficando somente a Pedra Angular e os Fundamentos…”
    Será que estas Pastorais tão superficiais obedecem as todos estes requisitos?!

  3. Bom dia, em muito me entristece o que aqui vejo. Que não exista um presente físico no século XXI.

    Que se fale por maldade sem ter sequer conhecimento do que se trate ou do que insiste esta exposição de arte e não “nova pastoral”.
    Lamento os comentários que li e a forma como aqui foi adulterada todo o PROPÓSITO DESTA EXPOSIÇÃO. E falar em
    Nome do sr. Padre Ismael, deveriam primeiro conhecer quem é de facto a artista e o que está exposição apresenta para a nossa sociedade e para a cultura da mesma.
    Poderia ter escolhido outros sítios para apresentar estes trabalhos, mas motivados pela fé e graça, e pela história da arte temos a verdadeira prova cabal disto tudo, que cada vez mais a igreja é para todos. Em primeiro plano, venho em meu nome próprio, Rueffa, na qualidade de artista plástica que propôs este projecto, criar uma nova dimensão. Este espaço não é dentro da igreja, nele não se pratica qualquer tipo de missa ou sacristia, nele respira-se arte, música e colectivo.

    Seria tão bom que em vez de criar estes comentários e adulterar as coisas, as pessoas se informassem e talvez percebessem a figura tão retrógrada que é esta.

    Caso em vez de apenas querer fazer um scroll down, saiba quem eu sou e não apenas o Sr. Padre Ismael, que aqui me parece um ataque descabido.
    Dar-vos-ei, algumas dicas:
    Sic, RTP, Público, Expresso, time out entre outros órgãos de comunicação social têm acompanhado.
    Fiéis que terminam a missa têm subido as escadas para entrar finalmente na Rua nova de São Mamede n1, e de lá saiem satisfeitos pelo projecto que este padre abraçou comigo.

    Depois Aconselharia, isto sempre por fases, ver as respectivas notícias:

    https://sicnoticias.pt/cultura/2019-08-05-Welcome-a-exposicao-que-ocupa-uma-igreja

    https://www.rtp.pt/noticias/cultura/welcome-a-cerimonia-diferente-da-artista-rueffa_v1168888

    https://www.rtp.pt/play/p5488/e419787/prova-oral

    https://octanas.blogspot.com/2019/08/outras-variacoes-35-anos-depois.html?m=1

    Entre outras tantas que quem tanto procura uma agulha, apenas vai encontrar o sucesso que é a união entre a arte e a igreja.

    A minha segunda dica, era que realmente vissem a exposição em vez de colocarem printscreens de um instagram.
    E da minha parte reitero toda e qualquer disponibilidade para estar presente.

    • Bom dia Rueffa e muito obrigado pelo seu comentário.

      Nunca quis pôr aqui em causa o bom nome do sr. Pe. Ismael Teixeira, pelo contrário, até porque nem sei até que ponto o pároco de São Mamede foi responsável por este evento. Aliás, muitas das coisas “improváveis” que hoje acontecem nas nossas paróquias são feitas à revelia ou até contra as orientações do pároco local. E se me disserem que o sr. Pe. Ismael é um excelente padre, eu não tenho razões para duvidar disso, uma vez que não o conheço para além do mediatismo gerado em torno da sua atividade desportiva.

      Agora relativamente ao evento em si, se eu vivesse mais perto de Lisboa talvez até aceitasse o seu gentil convite para o visitar e, então, formar uma opinião mais fundamentada. Mas partindo apenas do que me é dado a perceber através da comunicação social, continuo a entender que, independentemente da motivação dos responsáveis, este tipo de eventos não se adequam minimamente a um espaço sagrado, nem que fossem realizados no seu exterior, como no adro da igreja. E lamento que a Rueffa, assim como os responsáveis da paróquia, não consigam perceber isso.

      As imagens dos “printscreens” a que a Rueffa se refere têm uma assinatura, legítima ou ilegítima, da paróquia local e acabam por corroborar aquilo que acabei de dizer no parágrafo anterior. Misturam as imagens profanas da pop art com passagens bíblicas, como quem tenta misturar água com azeite, deturpando completamente a mensagem cristã. São cartazes profundamente abusivos para a fé católica, muito mais quando são publicados nos órgãos de comunicação paroquiais.

      Relativamente à exposição em si, talvez não tivesse nada a apontar caso ela estivesse patente num espaço mais adequado. Não sou um crítico de arte nem é esse o tema desta página que administro, como a Rueffa já deve ter reparado.

      Obrigado, mais uma vez, pelo seu comentário.

      • Olá Rueffa. O seu comentário revela, em primeiro lugar o que a maioria costuma demonstrar, isto é, uma total falta de sensibilidade, relativamente aos lugares Sagrados e de culto. Pelo menos, outrora, esse lugar foi assim utilizado e, como tal é sempre um lugar Santo, de ritos Sagrados.

        A frase que mais me choca é: “Que se fale por maldade sem ter sequer conhecimento do que se trate ou do que insiste esta exposição de arte e não “nova pastoral”.” Mas qual maldade?! onde está, aqui a maldade?! É um juízo de valor precipitado sobre a intenção das pessoas, enquanto, apenas constatamos factos. Depois não importa o objectivo da dita exposição de arte. Não entendeu que é o local, um Templo, que está em causa…e não a arte, em si mesma?!
        “cada vez mais a igreja é para todos”. Olhe Rueffa a Igreja, com maiúscula, Instituição Sagrada, Corpo Místico de Cristo, de facto é para todos os Baptizados, sim, tem toda a razão. Mas como coloca “igreja” com minúscula, depreendo que se refere ao edifício, ao Templo. Assim sendo não é para todos, ou pior para “tudo”, o que lá pretenderem colocar.
        Como a própria Rueffa falou, e bem, “Poderia ter escolhido outros sítios para apresentar estes trabalhos,”
        Na igreja, apenas se poderia admitir Arte Sacra.

    • Percebo pouco de arte e ainda menos quando se trata destas novas correntes contemporâneas, mas não me perturba minimamente ver uma foto de Maria Callas com o brasão da rainha de Inglaterra sobre a cabeça, o que me choca de facto é ver um vídeo desse quadro, em que a banda sonora é o hino “Bendizemos o teu nome”, publicado na página facebook da paróquia, ainda por cima sabendo que foi gravado na própria igreja.

      Não gosto de generalizar e até espero sinceramente que este não seja o caso, mas muitos dos artistas e pseudoartistas contemporâneos constroem o seu sucesso a partir do sensacionalismo da afrontação, do chocante, da profanação do sagrado, ou seja, dos tais “improváveis” – cada vez mais banais e até já quase previsíveis – referidos pela comunicação social. Ou alguém acredita, por exemplo, que a Irmã Cristina Scuccia teria tanto sucesso se deixasse o hábito no convento?

  4. “A Deus o que é de Deus e a César o que é de César!”…. Precisamente, porque está na moda confundir o Sagrado com o Profano, acentuando assim e cada vez mais, a grande CONFUSÃO, nos já tão fragilizados Crentes, é que não podemos concordar com essas Exposições mundanas, num espaço paroquial.
    Diz-nos Jesus: “As Pátrias não se Salvam somente com as almas, mas também com uma forma de vida que atraia as protecções de Deus!”
    Logo, tudo deve estar em sintonia.
    E diz-nos ainda: ” Punição por viverem como uns brutos! Deus Se retira, quando o Mal avança. Eis o fruto de uma vida nacional indigna do nome de Cristã…” — O Evangelho como me foi Revelado– Episódio referente à profanação do Templo.

  5. Não foi sem motivos que o Pe Malachi Martin que faleceu há poucos, que teria lido o 3°segredo de Fátima teria dito que cardeais, bispos e sacerdotes estão caindo no inferno como flocos de neve!
    Cessaram deles as advertencias ao povo, a uns raríssimos a combaterem os vicios desse tempo mundanista presente; estariam como “nada vendo ou sabendo” – caso acima, prestigiando o relativismo e alienação à fé!

  6. Depois de ter lido, mais atentamente, o artigo do Pe. Ismael, onde ele evidencia o pensamento: “mente sã em corpo são e, depois de escutar a polémica, que tem havido numa das nossas paróquias, aqui bem perto, por causa de um Pe. Sexy, mais uma vez recorri à Obra de– O Evangelho como me foi Revelado– para me certificar, se é ao CORPO e à MENTE, que devemos dar, realmente, toda esta PRIORIDADE, sem termos a mesma preocupação pelo ESPÍRITO!

    Diz Jesus: “A alma não é o pensamento do Homem! A alma é o espírito, é o Princípio Imaterial da vida, o impalpável, mas verdadeiro, que anima todo o Homem, e que continua depois do Homem. Por isso é imortal.E é uma coisa tão sublime, que até o MAIS PODEROSO DOS PENSAMENTOS (mente) é um nada em comparação com ela.O pensamento tem um fim. Mas feliz, ou condenada, a alma continua a existir! Felizes daqueles que a conservarem pura, ou fizerem tudo, para que fique pura de novo, depois de a terem manchado, a fim de a entregarem ao Criador como Ele a deu, para que a Humanidade fosse Animada!
    Ela está em nós, acima de nós como o olho de Deus. Ela A RAINHA! No pensamento eterno, A ALMA, o espírito, é o que reina no Homem.Ela veio do Pai e Rei de todos os reis; ela é o Sopro e a Sua Imagem, um Dom e Direito de Deus, tendo como Missão fazer do Homem um rei do Grande Reino Eterno; de fazer da criatura homem, um deus, depois da vida: um “vivente”, na Morada do Altíssimo, o Único Deus , com a autoridade e o destino de uma rainha.
    Suas servas são as faculdades mentais do Homem; o PENSAMENTO.
    É do espírito, que o pensamento adquire o Poder, Verdade, Justiça e Sabedoria, podendo ELEVAR-se a uma posição régia.
    ..”Um pensamento privado do espírito estará sempre com lacunas e trevas, porque não pode compreender verdades que, para quem está separado de Deus, serão incompreensíveis, como mistérios, devido a ter perdido a Realeza da alma .
    O Pensamento será, assim, cego, um hebetado, porque lhe faltará a alavanca para compreender os Mistérios de Deus, deixando a Terra, e Elevar-se para o Alto ao encontro do Poder, da Inteligência , da Divindade…”
    “…Deus quando Criou a alma tinha no Seu Pensamento que ela seria SEMPRE LIVRE de todos os inimigos que a prejudicam no corpo do Homem, que a escraviza com o pecado…”

    Depois disto tudo, só espero que toda essa preocupação exagerada, com o corpo e a mente, não esconda, os piores PECADOS: vaidade e sensualidade, barreiras opacas, que não permitem ao ESPÍRITO O PODER DE FLUIR livremente, para SANTIFICAR o pensamento, levando esses ministros a sentirem-se os maiores, esquecendo-se, para AQUILO que foram realmente ESCOLHIDOS!

    “… Ai de vós Sacerdotes se vos fizerdes ídolos …”

  7. E, por falar em ídolos.

    O Papa Francisco proferiu o habitual discurso durante a oração do meio-dia do Angelus na janela de seu estúdio com vista para a Praça de São Pedro, no Vaticano, Domingo, 1 de setembro de 2019.

    O Papa Francisco diz que ficou parado por 25 minutos em um elevador do Vaticano e teve que ser resgatado por bombeiros.
    Pediu desculpas aos fiéis por ter chegado sete minutos atrasado.

    O Papa Francisco, então anunciou um consistório para a criação de novos cardeais em 5 de outubro, com 13 novos chapéus vermelhos no total.
    Alguns destes têm mais que 80 anos, pelo que não poderão votar, em conclave…

    Agora reparem, no primeiríssimo da lista, em baixo:

    Os outros sete novos cardeais em idade de votar, além de Guixot, Zuppi e Czerny, são:
       
    -José Tolentino Medonca, arquivista e bibliotecário do Vaticano (português);
        -Inácio Suharyo Hardjoatmodjo, Arcebispo de Jacarta na Indonésia;
        -Juan da Caridade García Rodríguez, Arcebispo de Havana, Cuba;
        -Fridolin Ambongo Besungu, Arcebispo de Kinshasa na República Democrática do Congo;
        -Jean-Claude Hollerich, Arcebispo do Luxemburgo;
        -Álvaro Ramazzini Imeri, Bispo de Huehuetenamgo, Guatemala;
        -Cristóbal López Romero, Arcebispo de Ribat, Marrocos.

    Confesso que cheguei a pensar se, eventualmente a avaria do elevador, não seria um sinal?!

    Ai, os consistórios tão constantes neste pontificado!…

  8. Depois de ter lido sobre o que cada um desses Cardeais defende e acredita, é caso para dizer: o Papa Francisco acaba de preparar ao milímetro, a derrocada da actual Igreja, preparando a aprovação total das ideias já apresentadas por esses progressistas, que apoiam: o casamento e a prática homossexual, o aborto como um direito, a eutanásia, celibato dos padres…e, por aí afora!
    No meio de tanta indiferença, hipocrisia ou falsa obediência, até é bom que assim aconteça; pelo menos, vai chegar a hora de sabermos do lado em que cada um está!
    Quanto à avaria do elevador, quem sabe?! Segundo palavras de Jesus, o acaso não existe: tudo é PROVIDÊNCIA! Contudo, mais uma vez, bateu em “cabeça dura”…

    • Entretanto numa “igreja tão acolhedora, misericordiosa e cada vez mais para todos”, como ainda será possível a excomunhão de Sacerdotes?!
      O Padre Dornelles, do Rio Grande do Sul, aquele que “não tem papas na língua”, da Comunidade Kyria, recebeu, estes dias, a excomunhão do Bispo.
      Paradoxal, se olharmos às preferências do próximo consistório. É a tal questão: Nada é pecado. Apenas é pecado mortal discordar do Papa…
      Um Para que reabilitou os excomungados, pelos seus antecessores…Andamos a brincar?!

  9. Se uns são excomungados, outros, inocentes, são perseguidos ou condenados, com provas muito deficitárias e, que tudo leva a crer, forjadas, mas que merecem a total conivência e cobertura da actual Igreja: reiteradas com comunicados públicos de aprovação! Mas como se trata de assuntos que envolvem política, limito-me a denunciar a situação, sem expor nomes, porque já começa a ser complicado… é só, para meditarmos, qual o ponto da situação.
    E tudo isto me reporta à minha Adolescência, quando em surdina, se falava na “caça às bruxas”…
    Mas acontecer isto na Igreja?! Longe de mim, tal conjectura!… Porém, só não vê quem não quer…
    Aguardemos os próximos capítulos, porque também vai chegar até nós!

    Que Deus me dê FORÇA para não O trair!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s