Nova pastoral nas catedrais belgas: circo litúrgico

Pelo terceiro ano consecutivo, as catedrais da Bélgica converteram-se em tendas de circo para a celebração do “Natal das Catedrais“. Os dois espetáculos circenses que passaram por várias catedrais belgas intitulavam-se “Os Sinos de Natal” e “A Viagem dos Magos”, presumivelmente inspirados nos temas das celebrações litúrgicas do Natal e da Epifania do Senhor.

Basto 01/2020

9 thoughts on “Nova pastoral nas catedrais belgas: circo litúrgico

  1. Bonitos espetáculos! PENA que sejam feitos num contexto de dessacralização de igrejas. 😟

    Se não me engando, o Padre Pio falou sobre essa dessacralização.

  2. Numa Igreja sem CRUZ, onde tudo se leva, segundo a leveza dos apetites de cada um… que mais podemos esperar?
    Mas o pior é como diz aquele amigo do Papa Bento XVI, ateu: nem assim as Vocações aumentam, o Angelus tem mais participantes e há mais Conversões!
    Ainda não se convenceram de que Quem Converte é DEUS, mas se, para isso, merecermos as Suas Bênçãos!
    E, agora, vou mais uma vez citar a Célebre Obra que tanto me impressionou, “O Evangelho como me foi revelado “. Diz-nos Jesus: “…Para estes tempos, ( referindo-Se aos actuais, perante a Confusão Doutrinária, instalada) os Sacerdotes terão de ser Santos; não, como Anjos, para assim atraírem, as Bênçãos de Deus para si e para os demais…”
    É isso que constatamos, nestas festanças, que como diz o Alex, talvez pudessem ser noutro lugar?!

  3. É nisto que actualmente se vem transformando a Igreja: “Um circo”. Todo o tipo de palhaço e malabarista é bem aceite, desde que anime o povo. Chego a pensar que é isso mesmo que se pretende, “ver o circo pegar fogo”. Não é isso que acontece literalmente, em vários locais, igrejas a arder?

    • Frei Beto é um tremendo herege e vigarista. Foi a teologia da libertação dele e de Leonardo Boff que espantou muitos católicos e os empurrou para as seitas protestantes. Lembro bem em 1989, na última página de O Domingo estavam os retratos de todos os candidatos a presidente daquele ano, com comentários pejorativos em todos, menos um, o cachaceiro/ladrão Luis Inácio Lula da Silva.
      Para frei Beto, a multiplicação dos pães foi uma partilha, Cristo era um revolucionário e não fundou igreja nenhuma, apenas sonhou com uma comunidade de amor.
      E pasmem, elogiou o islã em colunas de jornais, como uma religião de paz!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s