Faleceu o padre da “Missa da Maconha”

No mês passado, faleceu, com 68 anos, o Padre Ticão, como era conhecido Antonio Luiz Marchioni, sacerdote da paróquia de São Francisco de Assis, da zona de Ermelino Matarazzo, na cidade de São Paulo, no Brasil. O Padre Ticão ganhou fama no seu país pelo trabalho social realizado, mas também pela sua grande abertura em temas como a despenalização do aborto e pelo forte ativismo na luta pela legalização da canábis para fins medicinais. Relativamente a esta substância psicotrópica, que considerava “divina”, chegou mesmo a celebrar missas em sua honra.

Basto 02/2021

2 thoughts on “Faleceu o padre da “Missa da Maconha”

  1. maria martins 3 de Fevereiro de 2021 / 13:35

    Paz à sua alma, é o que desejo, pois bem precisa.
    Neste momento, já conhece a Verdade e o quanto estava enganado!
    Que Deus lhe perdoe.

  2. Geraldo 3 de Fevereiro de 2021 / 20:36

    1 – Requiescat in pace. Pe Ticão! Que tenha se arrependido à última hora anti aborto!
    2 – Haveria algo vinculado como castigo pelo despopulacionista Covid-19 e o aumento demasiado dessa peste maçonista por aprovação da Eutanásia em Portugal?
    N Senhora de Fátima repudiou essa assassina decisão dos que querem ser deuses da vida e da morte – sucedendo-a impiedosa e anti cristãmente logo em Portugal!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s