Sacrilégio homossexual nas igrejas alemãs

Numa atitude de desafio perante o Responsum da Congregação para a Doutrina da Fé, que, naturalmente, negou a sugestão absurda de se poder administrar a bênção aos relacionamentos homossexuais, desejada por uma grande parte do clero alemão, dezenas de igrejas católicas alemãs celebraram, esta semana, pseudomatrimónios homossexuais, justificando-se na deriva herética e cismática do chamado Caminho Sinodal.

7 thoughts on “Sacrilégio homossexual nas igrejas alemãs

  1. SE O SACERDOTE FOI INVALIDAMENTE ORDENADO POR ALGUM MAÇON TRAVESTIDO DE BISPO – NEM A SATÃ INTERESSARIA ISSO POR REJEITAR A ANTI NATURAL SODOMIA – CENA INDESCRITÍVEL, REPUGNANTE!
    A Alemanha é a terra dos altos e baixos correlacionados à Igreja católica, geradora de santos doutores e pregadores e idem até hoje, contudo, devido aos escândalos sucedidos na Igreja católica levados a cabo mais provavelmente por infiltrados da maçonaria, está em ascendência novos discípulos do desafortunado Lutero e suas legiões que subvertem o mundo com suas hordas de uma religião anti cristã, relativista e herética, onde cada um é auto pastor e guia espiritual, aproveitando-se da difícil situação por que passa a Igreja católica.
    Por o papa Francisco não ser rígido e sumariamente não os banir da Igreja, podem ter se aproveitado e, doravante, reverter o quadro seria humanamente impossível!
    A peste desse modelo detestável e demoníaca ação poderia contaminar a alguns ou muitos do clero, poderia perverter a muitos incautos e desinformados cristãos leigos – talvez gerarão muitos outros escândalos anexos noutros âmbitos eclesiais porque é certo que “abyssus abyssum invocat”!

  2. A posição de cisma declarado já, há muito vem tomando formas diversas, na Alemanha e não só.
    Neste caso particular é uma verdadeira afronta contra a moral natural e a Moral Católica. Alguma vez o Senhor abençoa o pecado?!
    É chocante, desprezível e repugnante olhar para aquelas pessoas que ali se apresentaram para receber o quê?! “Bênção”?! Ai dos escandalosos, isso sim! Ai dos “pastores” também.
    Que nossa Senhora de Fátima nos proteja e venha com “O Triunfo do Seu Imaculado Coração”.

  3. Algo igualmente repugnante se passou numa cena “carnavalesca”, no Brasil (sim porque aquilo não se pode chamar Missa), com exaltação às uniões gays e à fertilização artificial. Com Comunhão ao “viúvo” do falecido, penso que? Paulo Gustavo. Isto agora, é sempre a descer a pique. Já estou como diz um Bom Sacerdote: “quanto pior, melhor”.

  4. AI DO MUNDO PELOS ESCÂNDALOS – RECENTES CASOS ALEMÃO E BRASILEIRO!
    O escândalo provocado por um famoso católico e conhecido por muitos, por ex., não chega a escandalizar profundamente as pessoas, mesmo as devotas e fiéis à Igreja, quando um muito pior e praticamente irreparável é praticado em conivência com as autoridades hierárquicas, permitindo-o à vista de talvez milhões de telespectadores, apreciando ao vivo um cena desastrosa e indelével na mente de muitos que poderiam ficar abalados na fé!
    Infelizmente, o falecido Gustavo Paulo Gustavo era um pecador público, ostensivo sodomita; possuía muitos seguidores na sua arte de fazer sorrir, mas negar que seus comportamentos particulares não influenciavam de alguma forma perversa é contestar o óbvio; não merecia as solenes exéquias que lhe foram devotadas como se fosse um militante católico altamente qualificado e ímpar exemplar até à morte! Poder-se-ia celebrá-la ocultamente, sem alarde algum e, quem sabe, os frutos o Senhor Deus daria outra destinação, por não constar existir conversão dele à morte!
    Neste nosso tempo relativista em que o mal é incensado e o bem é tachado de mil e uma deficiências e defeitos, o versículo a seguir nunca foi tão atualizado, recordando: “Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem, mal, que mudam as trevas em luz e a luz em trevas, que tornam doce o que é amargo, e amargo o que é doce! Is 5,20.
    O ato blasfemo pelo descalabro já sucedeu – dificílimos são os argumentos para se justificarem e convencerem!
    O pérfido GLBTismo e os globalistas-maçônicos antecipadamente agradecem – estão silentes, como prova de anuência ao desastre!

  5. E tudo isto, porque “O DEUS DE JESUS CRISTO, O NOSSO PAI, CRIADOR E ÚNICO SENHOR DO CÉU, DA TERRA E DO UNIVERSO deixou de ser a GRANDE REFERÊNCIA EM TODAS AS COISAS!”
    Às vezes, custa-me a entender, como certas “cabeças iluminadas” não pensam que “até, humanamente,” estão a CAVAR a sua própria sepultura!
    Se todas as Religiões são “verdadeiras”, se todos se Salvam de qualquer maneira, onde o BEM relativizado se pode transformar num MAL–lembremo-nos, apenas, do aborto, onde TUDO é justificável, menos o DIREITO da indefesa e inocente criança– para que PRECISAMOS NÓS, da Igreja?
    Que venham para o mundo, TRABALHAR no DURO, como qualquer mortal! Afinal, como MARCAM A DIFERENÇA?!
    Perdoem -me o desabafo, mas TUDO ISTO me transtorna!

    • A SUA IRRITAÇÃO POR ESSES DOIS RECENTES DESCALABROS E TRIBULAÇÕES SÃO JUSTIFICÁVEIS!
      Ao não diferenciarem a IGREJA CATÓLICA EM SI MESMA de MEMBROS DA IGREJA, de suas e nossas fraquezas e fragilidades pessoais – cada qual possui uma mórbida e más tendências espirituais manifestadas nos comportamentos – e o demônio sabe perfeitamente explorar com extrema perícia o ponto mais frágil de cada um e ataca exatamente naquele local mais vulnerável, desde o mais simples cristão àqueles que muito mais lhe interessa!
      Dessa forma, os hierárquicos, quantos mais exponentes e poderosos serão os preferidos – os quais, em virtude de cometimento de erros crassos e patentes escândalos públicos à vista de milhões, arrastam atrás de si imensas multidões de deformados na fé católica ou desinformados de separar na distinção da Igreja em si de seus membros pecadores, sem exceção compostos de bem e mal, além de bastante tendenciosos a esse – mais que comprovado, tornando-se ora apóstatas, ora bandeando para as heréticas seitas protestantes ou a outras “religiões de gentios, cujos deuses são demônios”. Sal 95,5.

  6. Geraldo, obrigada pela resposta, mas, felizmente, ainda consigo “separar o trigo do joio” e ter em conta todas a quedas da Igreja, por fragilidades humanas, o que, como diz, para muitos já não conta, sendo motivo de perda da Fé.
    Neste caso, refiro-me a ESSA HIERARQUIA–com cada vez mais Poder– que TUDO tem feito para mudar a Palavra de Deus, não respeitando NADA do que Jesus INSTITUIU, ao mesmo tempo que ENGANA as pessoas, conduzindo-as ao INFERNO e, sobretudo DESTROI a Igreja!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s