Primeiro-ministro de Portugal hasteia bandeira LGBT no Palacete de São Bento

Imagem

No dia 17 de maio, considerado o Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, o Primeiro-ministro socialista, António Costa, associa-se oficialmente à luta do movimento LGBT, publicando uma mensagem e fotos de apoio na sua conta Twitter institucional.

Certamente, seria um enorme escândalo hastear uma bandeira com a Cruz de São Bento, o patrono da casa.

Basto 05/2021

3 thoughts on “Primeiro-ministro de Portugal hasteia bandeira LGBT no Palacete de São Bento

  1. “Se Portugal não aceitar a lei do aborto, será Salvo, mas senão, terá muito que sofrer–segundo a Irmã Lúcia de Fátima–porque as leis iníquas são aprovadas em nome do Povo…”
    E esta? Também não faz parte das mesmas?!
    E que regozijo o nosso Primeiro Ministro espelha no seu rosto!
    Que Nossa Senhora nos guarde em SEU CORAÇÂO IMACULADO e Interceda por todos os que “não sabem o que fazem…”

  2. Coitado do Costa! Agora é que ele desceu de uma vez por todas na minha (de si tão débil) “consideração “. Era a “gota de água” que faltava (se é que de facto faltava?). Às vezes tentamos dar aos governantes portugueses o benefício da dúvida, face ao lamaçal nojento que corre no mundo hodierno, mas é apenas para nos enganarmos a nós mesmos porque queremos que assim seja.
    É tão só mais um imbecil do sistema internacional, manipulado pela NOM e afins. O problema será quando os idiotas úteis já não servirem para nada.
    Mas ao que parece, os LGBT estão furiosos com o Presidente da Câmara do Porto que não quis entrar nessa palhaçada:

    “A Câmara Municipal do Porto, liderada por Rui Moreira, recusou mais uma vez hastear a bandeira do Orgulho LGBTI na próxima segunda-feira, dia 17 de maio, data em que se assinala o Dia (Inter)Nacional de Luta contra a Homo, Bi, Trans e Interfobia.
    A autarquia justifica a decisão por não ter “como prática hastear bandeiras, para além das protocolares”. O Conselho Consultivo para as questões LGBTI (CCLGBTI), representado por variadas associações e entidades pela defesa dos direitos humanos, acusa a autarquia de “falta de sensibilidade” e considera que esta decisão apenas “cava um fosso” em relação a várias outras cidades portuguesas, entre elas Lisboa, que assinalam o dia há vários anos”.

    Este comentário li em um blog do grupo que se sente muito ofendido. Que ridícula esta gente. Mas porque não têm vergonha?!

  3. SR PRIMEIRO MINISTRO ANTÓNIO COSTA: ANTI CRISTO, ARAUTO DO anticristo, RELATIVISTA, ALIENANTE E INCREMENTADOR DA SATÂNICA ESCÓRIA DA HUMANIDADE NOMEADA PELAS ESQUERDAS-MAÇONARIA COMO GLBTQ+, AINDA MAIS NO PALACETE DEDICADO A SÃO BENTO!
    Todos os eleitores do primeiro ministro e de futuros socialistas ou comunistas compartilham do hasteamento dessa diabólica bandeira LGBTQ+, incentivando pelo partido adotado por ele, direcionado para o aborto!
    Lamentável que o papa Francisco não tenha se insurgido com rigor contra esse movimento panssexualista e anti cristão contra os participantes dessas ilícitas uniões diabólicas como aquele polêmico “quem sou eu para julgar” – nem para os procedimentos sodômicos e que talvez os teria fortalecido nessa diabólica campanha praticamente mundialista GLBTista!!
    O presidente português, sedizente católico ou nela batizado? Se o foi, apostasiou-se, sumariamente excomungou-se e agregou-se aos niilistas social-comunistas, ambos com com os mesmos objetivos de chegarem ao comunismo total por métodos diferentes!
    Enquanto os socialistas utilizam-se de um método sedutor com mil e uma promessas, exímios trapaceiros para vencerem eleições por fraudes e alcançarem seus pérfidos e escusos objetivos sem grandes alardes, enquanto o outro, o comunista, é violento, arruaceiro e vandalista, o trotsky-stalinsta, adota o chegar ao poder por golpes sangrentos e derrubando tudo, sendo possuidor de uma descomedida e agressiva militância político-partidária; por primeiro seus títeres são passados por recorrentes lavagens cerebrais para desentificarem-se consigo mesmos e tornarem-se fantoches das ordens dos donos da infernal máfia martelo e foice, disporem-se pelo partido a cometerem quaisquer delitos e crimes, sendo facínoras de desafetos, genocidas infantis por incondicional adesão ao aborto e incendiários por excelência!
    Aliás, a cor vermelha da bandeira adotada pelos comunistas representa o sangue dos adversários e a estrela de cinco pontas simboliza o pentagrama satânico que orienta esses incorrigíveis delinquentes e malfeitores apenas para o mal; afinal, toda a ideologia martelo e foice possui os mesmos e únicos objetivos – submeterem indiscriminadamente a todos, escravizarem-nos, tornando-se mercadorias estatais enquanto produzirem, depois os descartam por inutilidade à ideologia e agem sutil e dolosamente os LGBTistas como massas-de-manobra, fingindo defenderem-lhes seus questionamentos!
    Necessitam-se mais considerações a respeito desse patente diabolismo que é o comunismo-NOM-maçonaria?
    COMUNISMO NÃO É AMOR – É ÓDIO AOS ADVERSÁRIOS – Mao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s