Igreja Portuguesa disponível para integrar divorciados “recasados”

Mas terá de continuar a ser de acordo com a tradição evangélica e com o que Jesus Cristo ensinou sobre o Matrimónio.

“Estamos disponíveis para caminhar com o papa nesse sentido [da integração dos divorciados ‘recasados’], mas dentro da nossa tradição evangélica e daquilo que Jesus Cristo diz tão taxativamente acerca do matrimónio. […] Agora vamos ver até onde isto nos pode levar…”

(D. Manuel Clemente, patriarca de Lisboa, no final da 190ª Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa,  10/11/2016)

Fotof-tr
Palavras de Nª Sª de Fátima aos pastorinhos em 1917

A Igreja Portuguesa voltou a tremer mas continua de pé, é necessário que continuemos a orar para que o dogma da Fé sempre se conserve em Portugal.

 

Basto 11/2016