Sacrilégio homossexual nas igrejas alemãs

Numa atitude de desafio perante o Responsum da Congregação para a Doutrina da Fé, que, naturalmente, negou a sugestão absurda de se poder administrar a bênção aos relacionamentos homossexuais, desejada por uma grande parte do clero alemão, dezenas de igrejas católicas alemãs celebraram, esta semana, pseudomatrimónios homossexuais, justificando-se na deriva herética e cismática do chamado Caminho Sinodal.

Arquidiocese de Hamburgo promove lesbianismo no dia de São Valentim

A Arquidiocese de Hamburgo, na Alemanha, assinalou o dia de São Valentim, a 14 de fevereiro, com a publicação de um vídeo nas redes sociais onde enaltece o amor conjugal. O vídeo inclui, de forma bastante explícita, a opção homossexual.

Basto 02/2021

“Dança litúrgica” na Catedral de Paderborn, na Alemanha

Catedral de Paderborn, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha, no dia 29 de julho de 2019.

Fonte: Novus Ordo Watch, 31/07/2019.

Basto 08/2019

Terminou ontem a greve do movimento feminista radical alemão contra a autoridade católica

maria.2.0.jpgFoi organizada pelo autodenominado movimento “Maria 2.0” e estendeu-se de 11 a 18 de março, contando com o apoio de um bispo local e de vários clérigos católicos alemães que se rebelaram contra o “não” do Papa às diaconisas. Exigem, entre várias outras reivindicações, “uma renovação radical da Igreja Católica e o acesso das mulheres a todos os ofícios eclesiásticos”.

Basto 05/2019

“Dança litúrgica” na Renânia do Norte-Vestfália

Para além dos ministros celebrantes e acólitos, imediatamente após o momento da consagração, entra também o lorpa.

Cidade de Münster, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha, no dia 13 de maio de 2018.

Fonte: One Peter Five, 22/05/2018.

A coreografia acima realizou-se na presença de vários importantes sacerdotes e bispos alemães, entre os quais o cardeal D. Reinhard Marx, Presidente da Conferência Episcopal Alemã e um dos homens mais influentes na Igreja Católica atual.

Basto 05/2018