Francisco respondeu aos “dubia”! – Afinal era uma piada…

Uma semana depois do protesto dos cartazes em Roma, os jornais italianos informam que foi publicada uma edição falsa e satírica do L’Osservatore Romano, emitida clandestinamente a partir de fontes desconhecidas.

falso.osservatore.jpg
Falsa edição do L’Osservatore Romano (manchete)

 

falso-osservatore1
Falsa edição do L’Osservatore Romano

Este lamentável episódio deve servir de reflexão a todos os cristãos sobre o estado a que chegou a Igreja Católica durante o pontificado do Papa Francisco. Como é que uma notícia do Santo Padre a esclarecer as dúvidas doutrinais dos pastores da Igreja, ou seja, confirmando os cristãos na Fé, não passa hoje de uma piada satírica usada por um qualquer pasquim de Roma? Pior ainda, como é que a verdadeira publicação do jornal da Santa Sé pode hoje publicar textos onde, implicitamente, se aprova o adultério e as comunhões sacrílegas?

Já nem sequer admira que a recém-criada edição argentina deste jornal seja dirigida por um pastor protestante, por indicação do próprio Santo Padre.

Basto 2/2017