Catedral de Toledo profanada

Cenas de um videoclipe erótico, interpretado por C. Tangana e Nathy Peluso, foram gravadas no interior da catedral de Toledo, em Espanha. O tema musical intitula-se “Ateo”, ou seja “ateu”, e a sua letra é sacrílega.

Grupo de católicos faz oração de desagravo à porta da catedral:

Basto 10/2021

Intolerância religiosa comunista em Espanha

O Município de Aguilar de la Fontera, em Espanha, liderado por Carmen Flores, da extrema esquerda comunista andaluza, mandou derrubar a cruz existente à porta do convento local das Carmelitas Descalças. A Cruz dos Caídos, como era denominada, havia sido erigida, em 1939, em memória das vítimas da Guerra Civil Espanhola. Apesar de ter perdido a sua placa evocativa há várias décadas, a cruz era ainda vista pelos comunistas contemporâneos como um símbolo franquista.

A Associação Espanhola de Advogados Cristãos já recorreu às autoridades judiciais para denunciar este ato de cristofobia e atentado contra o património local.

Basto 02/2021

Dervixe girador dança na Sé Episcopal da Arquidiocese de Madrid

A Catedral de Santa Maria a Real de Almudena, em Madrid, foi palco de um ritual religioso em que um dervixe dançante bailou ao som de um cântico tradicional do islamismo sufista.

O ritual teve lugar em frente ao altar da catedral madrilena, no passado dia 21 de março, no âmbito da “VI Edição do Concerto de Três Culturas“, um concerto patrocinado pela UNESCO.

La catedral de la Almudena acogerá la VI edición del concierto de Tres Culturas

Ao contrário de outras edições deste concerto, que se realizam anualmente no âmbito da Semana Mundial da Harmonia Inter-Religiosa declarada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, esta edição será celebrada de forma especial por três razões: a data, 21 de Março, marca o início da Primavera, a estação que simboliza um renascimento da natureza e de novos começos; o lugar, a Catedral de Almudena, um dos espaços arquitetónicos mais emblemáticos da cidade que oferece memória e aproximação ao transcendente; e, finalmente, a música, a linguagem universal através da qual os três grupos convidados demonstram, na continuação deste projeto fascinante, como a convivência, a harmonia e a concórdia são valores universais que não conhecem fronteiras.

(In página oficial da Arquidiocese de Madrid, 14/03/2019 – tradução livre)

Basto 03/2019