Nova dessacralização da Igreja de San Antón em Madrid

A Igreja de San Antón, em Madrid, continua a ser o espaço preferido para as atividades comunitárias dos Mensajeros de la Paz, para quem a orientação política ou ideológica são mais importantes do que o respeito pelas coisas e lugares sagrados.

Sem descurar a relevante obra social dos Mensajeros de la Paz, a verdade é que a sua atividade mais visível, e ao mesmo tempo a mais chocante, consiste em transformar as igrejas católicas numa espécie de “casa da sogra” onde quase tudo é permitido. A organização liderada pelo Pe. Ángel García Rodríguez, um misericordista radical cuja imagem está mais associada aos seus adornos vermelhos do que ao uso da batina ou da estola, parece assim confundir a caridade cristã com ideais políticos de Esquerda.

Os bispos espanhóis apoiam esta nova pastoral de dessacralização das igrejas.

Madrid, sendo a maior cidade da Península Ibérica, não deve ter carência de equipamentos coletivos com excelentes condições para a realização deste tipo de atividades sociais e comunitárias.

Basto 12/2018

Profanação da catedral do ultra-misericordista D. Christoph Schönborn, na Áustria

A Catedral de Santo Estêvão, em Viena, celebrou o Dia Mundial de Luta contra a SIDA com um concerto de rock de coreografias satânicas e homossexualistas.

vienna8.jpg
In xFEED, 04/12/2018.

A Arquidiocese de Viena é administrada pelo cardeal D. Christoph Schönborn, um dos mais fervorosos adeptos do misericordismo bergogliano e, com efeito, o homem escolhido pelo Papa Francisco para apresentar oficialmente a Alegria do Amor. Schönborn é mundialmente conhecido pelas suas posições pró-homossexualismo, pró-recasamento civil de divorciados, pró-abertura da Sagrada Comunhão a adúlteros e pró-várias taras anti-católicas.

vienna3.jpg
In xFEED, 04/12/2018.

Esta não é a primeira vez que o arcebispo de Viena autoriza a profanação da sua catedral. Há poucas semanas, por exemplo, permitiu que o templo se transformasse em algo parecido a uma discoteca e, no ano passado, deixou o travesti Conchita Wurst pregar a partir do ambão da sua catedral, durante um evento LGBT no qual também participou.

Basto 12/2018

Travesti Conchita Wurst prega na catedral de Viena em cerimónia presidida pelo cardeal Schönborn

sch3.jpg

O “misericordioso” cardeal D. Cristoph Schönborn, apresentador oficial da exortação apostólica Amoris Letitia, celebrou uma cerimónia sacrílega intitulada Mozart Requiem na sua Catedral de Santo Estêvão, em Viena (Áustria), para assinalar o Dia Mundial de Luta contra a SIDA (1 de dezembro). Um dos “pregadores” foi o travesti Thomas Neuwirth (mundialmente conhecido por Conchita Wurst ou “a mulher de barba”), vencedor do Festival Eurovisão da Canção de 2014, e outro foi Gery Keszler, o famoso organizador da gala anual gayLife Ball” de angariação de fundos para supostamente combater a SIDA.

sch
D. Cristoph Schönborn canta e bate palmas, ao lado de Gery Keszler, na sua catedral em Viena (Áustria) in ORF2.

 

sch5.jpg
Gery Keszler discursa a partir do ambão da catedral de Santo Estêvão, in ORF2.

 

sch2.jpg
Travesti “Conchita Wurst” discursa a partir do ambão da catedral de Santo Estêvão, in ORF2.

 

sch4
Decoração da Catedral de Santo Estêvão, em Viena, Áustria, in ORF2.

A promoção da cultura gay no combate epidemiológico da SIDA é um fenómeno bastante difícil de entender…

Basto 12/2017

Artista plástico expõe vaca crucificada em igreja belga

pseudo-arte.jpg

Esta ultrajante aberração intitulada “Santa Vaca” foi exposta pelo pseudo-artista Tom Herck na igreja de São João Batista de Kuttekoven, na cidade belga de Borgloon. O evento chocou a população local, tendo já motivado protestos e petições.

No domingo passado, um grupo de católicos reuniu-se junto ao edifício para rezar um terço de desagravo e pedir a interferência do bispo D. Patrick Hoogmartens.

Basto 11/2017

Deus-elefante venerado em igreja espanhola

ganesh

Ganesh, uma divindade hindu com duas pernas, quatro braços e cabeça de elefante, foi transportado esta semana em procissão desde o Mar Mediterrâneo até ao interior do Santuário de Santa Maria de África, em Ceuta. Santa Maria de África é a padroeira do enclave espanhol no Norte de África.

Recorrendo a uma frase feita, “muitos pensam de modo diferente, sentem de modo diferente“… Estão enganados!

Basto 8/2017

Santuário de Nossa Senhora de Monserrate profanado na Catalunha

A “Arran”, uma organização juvenil de Esquerda independentista catalã, profanou o Santuário da Nossa Senhora de Monserrate, em Espanha, através da gravação e publicação de um vídeo obsceno para assinalar o “Dia da Visibilidade Lésbica” que, aparentemente, celebra-se a 26 de abril. A cena lésbica foi filmada mesmo em frente do altar da Virgem Negra de Monserrate e posteriormente editada com música e texto obscenos.

“Combatiremos la misoginia y la lesbofobia de instituciones como la Iglesia, defensora de una moral que nos esconde y nos tacha de desviadas, de enfermas y de querer destruir la familia”, continúa la nota de Arran, que justifica su acción de “profanación” ante la patrona catalana: “Profanaremos los símbolos [de la Iglesia] y todo lo que representan las veces que haga falta”.

(Comunicado da Arran in El Periódico, 26/04/2017)

O “Dia da Visibilidade Lésbica” recebeu demonstrações de apoio público, nas redes sociais, oriundas de diversas instituições espanholas, incluindo o da própria Polícia Nacional.

campanha.gay.espanha2.jpg
Mensagem publicada na conta de Twitter da Polícia Nacional de Espanha, no dia 26/04/2017

Em menos de um ano, este é já o segundo ataque perpetrado pelo ativismo gay contra a Virgem de Monserrate (La Moreneta), padroeira da Catalunha. No início do verão passado, o ataque foi feito através dos ultrajantes cartazes que chocaram a Espanha, envolvendo também a padroeira de Valência (La Geperudeta).

campanha.gay.espanha
Utilização ultrajante das imagens da Virgem dos Desamparados e da Nossa Senhora de Monserrate em propaganda ativista LGBT, em Espanha

Pobre Espanha!

Basto 4/2017

Continua a profanação de igrejas em Espanha por causa da nova pastoral

igreja.san.antón.jpg
Igreja de San Antón, Madrid – Mensajeros de la Paz

O sr. Pe Ángel, fundador da associação Mensajeros de la Paz, tem sido uma fonte de inspiração para muitos. Depois da profanação da igreja de San Antón, em Madrid, agora é a igreja de Santa Anna, em Barcelona, que passa a estar aberta 24 horas por dia para a nova pastoral.

O sr. Pe. Ángel, para além do empenho nas causas sociais, é também reconhecido pela sua pastoral pro-gay em Espanha e conhecido de Diego Lejárraga, a tal que ela era mas é ele, prafraseando o Santo Padre.

O Papa disse: “abri as portas das igrejas para que Deus possa sair também para fora”.

(Pe. Ángel in Mensajeros de la Paz, 21/07/2015)

Temos a certeza de que existem outros espaços em Barcelona, pertencentes à Igreja e à sociedade civil, com melhores condições do que aquela igreja para acolher os mais desfavorecidos. Isto que estamos a ver é um enorme desrespeito pelos templos de Deus e pela Presença Eucarística.

Basto 2/2017