Vaticano publica “remake” do vídeo sacrílego de janeiro de 2016

janeiro...

Em janeiro de 2016, o Vaticano chocou alguns católicos com a publicação de um vídeo sacrílego onde a imagem do Menino Jesus aparecia equiparada a símbolos de crenças não cristãs e onde o Santo Padre explicava que “muitos […] procuram ou encontram Deus de diversas maneiras“, inclusivamente através da confiança “em Buda”.

Este vídeo dava início a uma série catequética repleta de exotismo onde, logo no mês seguinte, o Santo Padre continuava que “precisamos de uma conversão que nos una a todos“. Conversão a quê?

fevereiro...

Uma conversão universal ao cristianismo ambientalismo?

Quase dois anos depois, o Vaticano resolveu agora, neste mês de novembro, lançar uma versão light do vídeo sacrílego de janeiro de 2016. Nesta nova versão, as partes graficamente mais abusivas e ultrajantes em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo foram retiradas e substituídas por beijinhos e abraços, mantendo-se contudo o mesmo guião pautado pela indiferença sincretista do versão anterior.

Vídeo do Papa Nº1 – 01/2016 – versão original

Vídeo do Papa Nº1 v2 – 11/2017 – nova versão light

Não se conhecem ainda as razões que terão levado a produtora a fazer uma nova versão deste vídeo. Talvez tenha sido por uma questão de respeito pelas pessoas mais sensíveis. Nesta necessidade de diálogo é necessário demonstrar algum respeito também por aqueles que ainda acreditam.

Basto 11/2017