A curiosa bênção papal do Dia Mundial da Paz

Na oração do Angelus de 1 de janeiro, dia da Solenidade da Mãe de Deus e simultaneamente Dia Mundial da Paz, o Santo Padre, partindo da liturgia diária, acabou por ministrar a bênção sacerdotal judaica conhecida como Bircat Cohanim, em vez da tradicional bênção apostólica em nome da Santíssima Trindade em que a mão direita perfaz uma cruz.

«O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te conceda a paz» (Nm 6, 24-26).

(Papa Francisco, oração do Angelus do dia 1 de janeiro de 2019)

Basto 01/2019