Santo Padre condena os “cristãos funcionários”

Francisco, pela enésima vez, volta a dirigir a sua homilia contra os cristãos que se mantêm firmes na defesa da doutrina tradicional da Igreja e não se abrem às suas novidades doutrinais, que, segundo afirma, são “surpresas de Deus”.

Basto 10/2018