Um interessante rumor sobre a conversão da Rússia

Em Maio de 1946, uma rapariga russa (Natacha Derfelden) no exílio em Paris, foi ao Congresso Mariano Internacional em Fátima e levou o solo russo para Santuário. Trinta e cinco mil delegados juvenis de todos os cinco continentes juntaram-se a ela num ato de consagração da Rússia ao Imaculado Coração [de Maria]. Há rumores de que Natacha foi informada pela Irmã Lúcia (a vidente de Fátima) que a conversão da Rússia seria completada através da Igreja Ortodoxa e do Rito Oriental.

Haffert, John M. (1956), Russia will be converted, p. 204 (tradução livre).

Basto 01/2022