Vídeo do Papa com as intenções para outubro

O Santo Padre propõe, neste mês, a recitação diária do terço e a invocação do Arcanjo São Miguel para “repelir os ataques do Diabo que quer dividir a Igreja”.

E quem é esse “Diabo que quer dividir a Igreja”?

Por estes dias, o Diabo, diz Santo Padre, é o “Grande Acusador“, numa aparente alusão ao arcebispo D. Carlo Maria Viganò, ex-núncio apostólico nos EUA, depois de este o ter acusado de encobrir os abusos sexuais do cardeal D. Theodore Edgar McCarrick.

O vídeo com as intenções de oração do Santo Padre para o mês de outubro parece dirigir-se a um nicho religioso muito específico, nomeadamente àquelas pessoas que ainda mantém uma certa “tradição religiosa” – a Fé Cristã – cada vez mais “minoritária” em todo o mundo. Outros provavelmente preferirão, também neste mês, trocar o rosário por três varetas de incenso exótico ou por uma pagela dedicada ao Yin-yang, pelos quais o Santo Padre pediu que orássemos em janeiro.

Estamos a falar concretamente daqueles irmãos e irmãs que, como diz o Santo Padre, “procuram a Deus ou encontram Deus de muitos modos”, como se todos modos fossem verdadeiros.

A compreensão do fio condutor do argumento desta série, que, não sendo embora a Coronation Street, vai já no 10º episódio da 3ª temporada, exige algum acompanhamento da parte do telespectador.

Nós, portanto, que pertencemos a esse grupo que ainda acredita que Jesus Cristo é o único Deus encarnado pelo Espírito Santo no seio da Virgem Maria, aceitamos o apelo do Santo Padre à recitação diária do terço e invocaremos o líder da Milícia Celeste para “repelir os ataques do Diabo que quer dividir a Igreja” através da apostasia de muitos dos seus pastores.

Basto 10/2018

O vídeo de janeiro – “Confio em Buda.”

Todas as religiões representadas no filme ostentam um símbolo, no entanto, o crucifixo, objeto de culto do cristianismo por excelência, passou quase despercebido. Aliás, ao longo de todo o filme, a melhor imagem de um crucifixo dura apenas dois segundos e exige alguma atenção. Trata-se de um objeto religioso de reduzidas dimensões, localizado por detrás dos personagens que circundam uma imagem do Buda que aparece em primeiro plano.

Sem Título3

Este critério gráfico que presidiu à edição da imagem combina, de certo modo, com a mensagem transmitida, pois dá a impressão que o realizador tentou promover algum tipo de sincretismo religioso, servindo-se da voz papal.

Esta iniciativa da Santa Sé terá uma incidência mensal e até tem uma pagina no facebook onde, também aí, é difícil encontrar o crucifixo, o símbolo dos cristãos. Trata-se de um simples problema técnico fácil de melhorar, com um ou outro reparo.

upload_2016-2-6_13-43-56

Todo nós concordamos a respeito dos benefícios do diálogo, pois é a conversar que a gente se entende. Nós, os cristãos, respeitamos a liberdade de crer, no entanto, que não restem dúvidas sobre quem é o nosso Deus, Jesus Cristo. Deum de Deo, Lumen de Lumine, Deum verum de Deo vero.

Dreux Budé Master, 1490s
Dreus Budé Master, 1490s

Nós cremos num só Senhor Jesus Cristo, filho Unigénito de Deus, que por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus, e encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos, padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.

Basto 2/2016