Buda e Nossa Senhora da Conceição Aparecida juntos pela paz

aparecida.buda2

Neste mês em que se celebra o tricentenário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a imagem da padroeira do Brasil foi “reverenciada” ao lado de Buda. Aconteceu no passado dia 28 de outubro, no mosteiro Fo Guang Shan, em São Paulo, contando com ilustres representantes da Igreja Católica local que concelebraram esse momento ao lado de sacerdotisas pagãs.

Em virtude dos 300 anos da Padroeira do Brasil, a imagem de Nossa Senhora Aparecida será acolhida solenemente no templo budista, por meio do reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, demonstrando o cuidado maternal de Maria para o diálogo entre seus filhos.

O encontro que tem o objeto de ressaltar a necessidade de um esforço comum para manter a paz em beneficio da vida, vai contar com a presença da Reverenda Mestra Miao Yen, Abadessa Geral do Templo Fo Guang Shan para América do Sul, do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, do bispo diocesano de Osasco (SP), Dom João Bosco Barbosa de Souza e do padre José Bizon, responsável pelo ecumenismo e diálogo inter-religioso na Arquidiocese de São Paulo.

(in sítio oficial do Santuário Nacional de Aparecida)

aparecida.buda.jpg

Como justificação para esta cerimónia católico-pagã que colocou a Mãe de Deus aos pés de Buda, a página do Santuário Nacional de Aparecida remete para os ensinamentos do Papa Francisco sobre a “indiferença” e sugere a visualização do sacrílego vídeo publicado pelo Vaticano em janeiro de 2016.

confio.em.buda.jpg
Intenções de oração do Papa Francisco em janeiro de 2016 – in Série “Vídeo do Papa”

Basto 10/2017