Nova dessacralização da Igreja de San Antón em Madrid

A Igreja de San Antón, em Madrid, continua a ser o espaço preferido para as atividades comunitárias dos Mensajeros de la Paz, para quem a orientação política ou ideológica são mais importantes do que o respeito pelas coisas e lugares sagrados.

Sem descurar a relevante obra social dos Mensajeros de la Paz, a verdade é que a sua atividade mais visível, e ao mesmo tempo a mais chocante, consiste em transformar as igrejas católicas numa espécie de “casa da sogra” onde quase tudo é permitido. A organização liderada pelo Pe. Ángel García Rodríguez, um misericordista radical cuja imagem está mais associada aos seus adornos vermelhos do que ao uso da batina ou da estola, parece assim confundir a caridade cristã com ideais políticos de Esquerda.

Os bispos espanhóis apoiam esta nova pastoral de dessacralização das igrejas.

Madrid, sendo a maior cidade da Península Ibérica, não deve ter carência de equipamentos coletivos com excelentes condições para a realização deste tipo de atividades sociais e comunitárias.

Basto 12/2018

Ele, que era ela: “¡Gracias, amigo mío!”

O transexual Diego Neria que, de acordo com o Santo Padre,  já é “homem” e “casado”, mais precisamente “ele – que ela era, mas é ele”, agradece agora as palavras que Sua Santidade lhe dedicara durante a última entrevista a bordo de um avião.

ele.que.era.ela.n.jpg
in Periodista Digital, 04/10/2016

A frase acima publicada pelo Periodista Digital foi transcrita do perfil de Lejárraga numa rede social. Este jornal digital tem dado uma grande cobertura ao transexual espanhol desde a sua viagem a Roma.

“O Papa é um ser humano brutal, que te faz feliz e muito forte espiritualmente”. E não só a ele, mas também a “tantos outros que continuam a sofrer as suas dúvidas e os seus medos”.

(Transexual Diego Neria in Periodista Digital, 04/10/2016)

Confirma-se também o acompanhamento pastoral daquele “grande bispo” a quem o Papa se referiu, neste caso, D. Amadeo Rodríguez.

Mas quem será o “velho sacerdote, o velho pároco” misericordioso a quem Sua Santidade também fez questão de se referir e até citar?

Seria ele o sr. Pe. Ángel?

“A sua forma de fazer caminho é a que eu quero seguir: as portas da Casa do Pai abertas a todos, sem “mas”, sem classes, apenas o amor como condição.”

(Transexual Diego Neria in Periodista Digital, 19/09/2016)

padre-angel
Pe. Ángel – Periodista Digital

O sr. Pe. Ángel, profundo admirador do Papa Francisco, cuja doutrina tem procurado pôr em prática de forma determinada, está à frente daquela que é considerada a igreja mais “cool”, ou seja mais “fixe”, do mundo.

Ele é também considerado, por muitos, como um valente guerrilheiro que luta pela implementação da nova misericórdia, cujas conquistas são publicamente conhecidas.

Nos últimos meses, quinze casais homossexuais batizaram os seus filhos, graças à valentia eclesiástica do Padre Ángel. A Igreja de San Antón, no bairro madrileno de Chueca, é o único lugar no mundo onde todas as crianças são batizadas como filhos de Deus, independentemente da sua origem familiar.

(in El Español, 24/09/2016)

Sobre o cumprimento do Direito Canónico, o sr. Pe. Ángel não é nada “fundamentalista” pois até entende que “os textos estão feitos para serem adaptados”.

Pode ser ele o tal piedoso “velho pároco” de quem falava o Santo Padre, assim como pode ser outro qualquer. Não devem faltar padres idosos em Espanha, nem sequer é muito relevante que seja este ou aquele. O que há aqui, mais uma vez, a assinalar é a mensagem que todo este escandaloso caso lança para o mundo bem como as suas previsíveis consequências.

A tempestade piora de dia para dia.

Basto 10/2016