Um filme e um livro apresentam uma revolução imparável

Depois da apresentação do “Papa Francisco – A Revolução Imparável“, chega agora a Portugal “Francisco, o Papa do Povo, um filme sobre a mesma revolução.

Este fulano [o Santo Padre] está a ensinar que a Igreja existe por todo o lado, hã? E ele quer ver a Igreja, a comunidade cristã, a ver o mundo a partir dos excluídos, quer dizer, isto é radicalmente novo. […] Que visão mais revolucionária do que esta?

(Frei Bento Domingues OP in Ecclesia 30/04/2017)

Basto 5/2017

Papa Francisco – A Revolução Imparável

“Revolução” porque está a acontecer algo verdadeiramente novo e “imparável” porque esse algo de novo que está a acontecer tem uma dinâmica que nos parece difícil de parar.

(Joaquim Franco in Agência Ecclesia, 24/04/2017)

É mais uma obra biográfica sobre o Papa Francisco, esta redigida por jornalistas portugueses e intitulada, a vermelho, “A Revolução Imparável”.

A revolução imparável
Jornalistas António Marujo e Joaquim Franco, autores do livro “Papa Francisco – A Revolução Imparável” –  SIC Notícias, 20/04/2017

 

E também pretendemos dizer que este movimento não depende só de uma pessoa

(António Marujo, in SIC Notícias, 20/04/2017)

 

Há muita gente que bate palmas a este Papa e não percebe bem o que ele está a dizer. Isso é fruto de um homem que é muito popular, (não é?) que tem simpatia global.

(Joaquim Franco, in SIC Notícias, 24/04/2017)

Sendo um livro sobre revolução, a sua apresentação foi feita precisamente na véspera do aniversário da Revolução dos Cravos, tendo como figura de cartaz Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa. Marcelo Rebelo de Sousa, normalmente visto como um dos políticos portugueses mais católicos – ou talvez, para alguns, menos maçónicos, dependendo do ponto de vista – sentou-se em frente do altar da igreja do Convento de São Domingos para fazer aquilo a que nos habitou desde há muito tempo: falar sobre tudo e mais alguma coisa.

A revolução imparável2
Marcelo Rebelo de Sousa na apresentação do livro “Papa Francisco –  A Revolução Imparável” – SIC Notícias, 24/04/2017

 

Faz falta mais Esquerda católica.

(Marcelo Rebelo de Sousa,  inSIC Notícias, 24/04/2017)

Na verdade, se há coisa que não falta em Portugal é Direita socialista…

Esperemos, ao menos, que não tenham acabado a sessão a cantar a “Grândola, vila morena” na igreja do convento lisboeta.

Basto 4/2017