Bispo suíço assina a declaração que chama “estranha” à fé católica a leitura que o Papa Francisco faz da sua exortação Amoris Laetitia

marian eleganti

Apenas três dias depois de D. Athanasius Schneider ter feito um apelo público a todos os prelados católicos para que subscrevam a Profissão das Verdades Imutáveis em relação ao Matrimónio Sacramental, surge a assinatura de mais um bispo, nomeadamente, D. Marian Eleganti OSB. Tem 62 anos de idade e é bispo auxiliar da diocese de Chur, na Suiça.

Além de reconhecido teólogo, D. Marian Elegantiu é um frade da abadia dos Missionários Beneditinos de St. Otmarsberg, em Uznach, no cantão suíço de St. Gallen, tendo sido ordenado sacerdote em junho de 1995. Em dezembro de 2009, foi apontado por Bento XVI para bispo titular de Lamdia e auxiliar de Chur, a sua ordenação episcopal aconteceria no mês seguinte.

Com a sua subscrição da “Profissão das Verdades Imutáveis em relação ao Matrimónio Sacramental” publicada pelos bispos do Cazaquistão, são agora nove os bispos signatários, um dos quais é cardeal.

A declaração dos bispos do Cazaquistão surgiu como resposta à interpretação dada pelo Papa Francisco e por alguns bispos à exortação Amoris Laetitia, a qual permite que alguns divorciados “recasados” (que não obtiveram nulidade matrimonial e não vivem em continência sexual) tenham acesso aos Sacramentos da Penitência e da Sagrada Comunhão. Nessa declaração, os bispos afirmam que a leitura em causa está a causar “crescente confusão”, fará alastrar a “chaga do divórcio” e é “estranha” a toda a tradição e fé católicas.

Basto 2/2018

Grandes celebrações satânicas na Suíça

Na semana passada, durante a inauguração do maior túnel ferroviário do mundo, na Suíça, foram representadas coreografias satânicas. Este evento contou com a presença de líderes religiosos de diferentes confissões e destacados governantes europeus.

El 1º de junio en Suiza tendrá lugar una ceremonia interreligiosa de bendición de la Galería Ferroviaria de San Gotardo, la estructura más larga del mundo que tiene 57 kilómetros. En representación de las tres grandes religiones monoteístas fueron nombrados como delegados espirituales, para la Federación de los grupos Suiza e Israel, el rabino Marcel Ebel de Zúrich; para la Comunidad de trabajo de las Iglesias cristianas en Suiza, el padre Martin Werlen de Einsiedeln y para la Federación de las organizaciones islámicas suizas el imán Bekim Alimi de Wil. Se tratará de una función religiosa sobria en la que también han sido invitados los grupos que carecen de pertenencia religiosa, y que representan un cuarto de la población helvética.

(in Radio Vaticano – edição em espanhol, 30/05/2016)

Entre outras personalidades importantes, foram convidados para esta cerimónia de evocação do diabo a Chanceler alemã Angela Merkel, o Presidente francês François Hollande e o Primeiro-Ministro italiano Matteo Renzi.

É aquilo que se pode chamar literalmente “uma festa dos diabos”. A inauguração do Túnel do Marão, apesar de tudo, foi bem mais “sóbria”.

Basto 6/2016