Adultério e Comunhão na Alemanha: o Papa recebeu os critérios com alegria

Os bispos alemães publicaram os seus critérios de aplicação da exortação apostólica Amoris Laetitia, permitindo o sacrilégio proposto pelo Papa Francisco de abrir o acesso à Sagrada Comunhão a quem pratica adultério.

guidelines.alemanha2
Catholic News Agency, 01/02/2017

O documento, divulgado em fevereiro, saiu do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Alemã, no Nº 104 da sua publicação periódica, com a data de 23 de janeiro, e intitula-se “A Alegria do Amor, que é vivida nas Famílias, é também a alegria da Igreja”.

guidelines.alemanha3
A Alegria do Amor, que é vivida nas Famílias, é também a Alegria da Igreja (diretrizes para aplicação da exortação Amoris Laetitia

Alguns dias mais tarde, no dia seis de março, em Bensberg (Alemanha), o Cardeal Reinhard Marx, atual arcebispo de Munique e Frisinga, homem muito próximo do Papa Francisco, revelou, durante a conferência de imprensa da Conferência Episcopal Alemã, que o Santo Padre ficou feliz por os bispos alemães terem redigido os critérios de aplicação da sua controversa exortação apostólica.

Eu dei ao Papa o texto que fizemos a partir da Amoris Laetitia e ele recebeu-o com alegria.

(Cardeal Marx a 3 de março in 1Peter5, 06/03/2017)

guidelines.alemanha.jpg
Life Site News, 09/03/2017

O Cardeal Marx já tinha falado contra os dubia pois considera a exortação apostólica do Papa Francisco bastante clara e que permite, de facto, a abertura da Sagrada Comunhão aos recasados em determinados casos.

Basto 3/2017

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s